quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Arte e Cultura em Avignon

Avignon é a cidade francesa dos papas e do teatro, mas além dos pontos de visitação tradicionais (que podem ser feitos em um dia), a mesma tem muito mais a oferecer: um rico acervo cultural e museus de excelente qualidade. Motivo suficiente para desejar permanecer alguns dias percorrendo as suas ruazinhas...

Musée Calvet

Criado em 1811, seu nome se deve a Esprit Calvet que legou sua coleção à cidade de Avignon. Au longo da sua vida, esse rico médico havia acumulado objetos do Egito, Roma e Grécia antigos, pinturas, esculturas, e mesmo um dos primeiros marfins escultados da Africa conhecidos na França. 
As obras apresentadas vão do século XVI au XXI. 
Podemos encontrar obras de Manet, Boonard, Valadon, Géricault, Soutine, Sisley, Emile Bernard... e muito mais!


 Horace VERNET (1826), adorei a luminosidade que destaca apenas o centro da obra!

Visitei a exposição temporária em torno do tema do Egito, com mais de 400 peças, interessantíssima!

Musée du Lapidaire

Faz parte da fundação Calvet e abriga Além a coleção arqueológica. Situado em uma capela de um antigo colégio jesuíta do século XVII.

Musée Angladon 

Exibe uma coleção importante de obras dos séculos XVIII, XIX e XX, com nomes como Van Gogh, Manet, Modigliani, Sisley, Degas, Cézanne, Picasso, dentre outros,  resultado da coleção particular de Jacques Doucet, proprietário de uma das primeiras "maisons" de alta-costura de Paris, que fez fortuna com clientes ricas e famosas.

Essa obra de Modigliani é a "menina dos olhos" do museu!
Quando estive lá havia uma exposição muito interessante de fotografias sobre "Bonnard, Degas e Vuillard". ver esses personagens em foto, incrível!

Musée du Petit Palais

Localizado no antigo palácio do arcebispo (séculos XIV e XV), onde podemos observar pinturas e esculturas da Idade Média e Renascença (mais de 300 pinturas italianas dos séculos XIII au XVI)
Apaixonada por Botticelli, para mim essa é uma das peças mais belas do museu!

Palais du Roure

O antigo hotel particular de baroncelli-Javon (século XV), conhecido como a villa Médicis provençal, em estilo florentino, de coração e alma avignonnaise. A família Baroncelli, originária de Florença ali se instala em Avignon e começa a construção desse lar em estilo gótico em 1469. A família morou nessa residência até 1908. Em 1918 a jovem Jeanne de Flandreysy se torna proprietária do local (adquirido por seu pai) e desejou que a residência se transformasse em museu, biblioteca e centro de estudos. Além de uma linda coleção de móveis provençais , desenhos, telas, mais de uma centena de sinos decoram a residência, de todas as épocas e tamanhos! Uma coleção um tanto estranha, mais ainda ao fato dela dedicar alguns deles aos grandes homens que marcaram a sua vida!

Musée d'histoire naturelle Esprit Requien
Praticamente ao lado do museu Calvet existe esse pequeno mas curioso museu de história natural criando em 1840! Perfeito para visitar com crianças.

Musée Louis Vouland: nesse não tive tempo de ir, mas trata-se de uma decoração de artes decorativas.

Colletion Lambert en Avignon: coleção de arte contemporânea. Também ficou para a próxima visita!

15 comentários:

Mirelle Siqueira disse...

vc viu isso tudo la, foi? nossa! quando eu fui fiquei so batendo pernas pela cidade mesmo. perdi muita coisa bacana!

e o post de lyon, quando é que sai? tô curiosa pra ver a minha cidade através dos seus olhos!

Milena F. disse...

Tenho um lado "turista japonesa", não quero perder nada! Tb fiquei encantada com a rue des Tanneurs, mas ainda não consegui encaixar em nenhum post!
Estou devendo ainda meu ponto de vista sobre Lyon, para ter uma idéia do quanto estou dispersiva e de que o tempo anda curto...
Mas adorei a cidade e pretendo voltar! E vc estah devendo o post sobre Berlin, ainda não conheço e queria "viajar" um pouco em fotos e leituras!

Inaie disse...

nunca estive em Avignon, mas me deu uma saudade de viajar, de botar o pe na estrada, de cair no mundo outra vez.

Bj enorme

Allan Robert P. J. disse...

Começo a ter um comichão para visitar Avignon...
:)

Ana Paula Gervason disse...

Milena querida!

Será que pode me ajudar?
Estou querendo viajar para Paris com a minha filha.
Vc acha que o mês de maio o clima é favorável? Eu já fiquei hospedada no Royal Saint Germain na Rue de Rennes, consigo achar um bom hotel com a localização boa e um bom preço? Quero ficar uns 4 dias em Paris!

Bjss e que você tenha uma semana iluminada!

http://toutlamour.blogspot.com/

Vanessa disse...

Milena, passei somente uma tarde em Avignon e focamos a nossa visita no "Palais des Papes" que nos impressionou muito pela grandeza e imponencia da construção. Estas suas super dicas vao acelerar o nosso retorno. Antes de chegarmos à Avignon passamos pela "Pont du Gard" ( ja te disse que os nossos passeios obedecem ao programa escolar, né?) e Uzès. Que regiao linda !!!!! Bjs.

Milena F. disse...

Inaie e Allan, como é bom colocar o pé na estrada, não é?

Ana Paula, maio é uma época linda para visitar Paris, uma das melhores! Clima agradável, geralmente dias ensolarados...Uma delícia!
Néao tenho idéia de preços, mas reservando com antecedência sempre é possível encontrar bons preços! Sei que os brasileiros preferem ficar no quartier latin (ao redor da Sorbonne), um bairro superanimado. Rue de Rennes é perto das lojas, e dos transportes tb... A vantagem que em quase todo canto de Paris tem uma estação de metrô perto!
Dizem que para quem fica mais dias, o mais "em conta" é alugar um studio...

Ana Paula Gervason disse...

Obrigada querida pelas dicas!

Bjss e uma semana iluminada!

http://toutlamour.blogspot.com/

Jorge Fortunato disse...

Milena
Avignon é um desejo antigo. Dá para chegar bem de trem? Não sei dirigir e nessas horas, quando viajo, vejo como faz falta. Se puder, dê dicas de como chegar e o que tem nos arredores. Pretendo viajar no ano que vem e quem sabe eu não incluo essa cidade no meu roteiro?
abraços

Milena F. disse...

Vanessa, a Pont du Gard é linda, mas soh vi em imagens mesmo... A vantagem de ir de carro é que dah para ver e parar sempre que temos vontade! Se as suas visitas obedecem o programa escolar, então não pode faltar o Mont Saint Michel, jah foi? Falei sobre ele mais atras...

Milena F. disse...

Jorge, Avignon tem facil acesso de trem! Varios trens fazem o trajeto saindo de Paris Gare de Lyon até Avignon entre 2h40 e 3h15. Tem uma estação de trem "centre", que fica praticamente no centro da cidade, é soh seguir a rua principal a pé e vc estah no "palais des papes". Chegamos por ela. Mas tem a estação "tgv", que fica afastada do centro, mas o sistem de ônibus que leva e tras do centro é supereficaz! Intervalos de 15 minutos mesmo aos domingos! Ao vontar, nos demos conta na ultima hora que a passagem de volta não era centro, mas "tgv", e saimos crrendo perguntando para alguém onde poderiamos pegar o ônibus. A parada de ônibus é praticamente na frente da "estação centro". E o trajeto era barato, agora não lembro exatamente, mas custava uns 2 euros.
O mesmo trem que faz o trajeto paris-avignon depois segue para Aix-en-Provence (jah escrevi sobre o atelier de Cézanne, falta falar sobre a cidade, um charme) em 15 minutos, e mais uns outros 15 minutos o trem te deixa em Marselha.
Em Aix passei por um grande terminal de ônibus que leva para diversas cidades da região, como Nice, Manosque, etc...
Dizem que o melhor dessa região é visitar de carro para poder ir parando em cada cidadezinha, mas dah para se virar sem carro também!

Vanessa disse...

Milena, visitei o Mont Saint-Michel na minha viagem de lua-de-mel e devemos revisita-lo, desta vez com o filhote, na primavera. Tambem estamos querendo ir a Provins (ja li o seu post umas 2 vezes). Do programa escolar ja fizemos a pré-historia, a época romana , os Gaulois. Estamos entrando agora na idade média - confesso que estou adorando e aprendendo bastante (talvez até mais do q o meu filho !!!). Tenho muita sorte pq o meu marido é historiador!!!! Bjs.

Milena F. disse...

Adoro Provins e tb quero voltar. estive duas vezes lah, mas sempre no festival. Queria voltar em um dia "normal", sem a multidão, e me perder nas ruazinhas da antiga cidade fortificada!
Sempre amei historia e lia até livro ditadico!!! Ele é professor em Paris?

Vanessa disse...

Milena, o meu marido da aulas na Université de Paris-Ouest Nanterre e na SMS, que é uma Ecole de Commerce em La Defense. Ja fomos a duas festas medievais em Coucy-le-Chateau (fica no departamento de Aisne). A festa é no mês de abril, se nao estou enganada. Ela é muito grande. Tem lutas com espadas, acampamentos medievais, desfiles, quiosques de artesanato, comidas e bebidas da época, demonstraçoes de ferreiros e pedreiros (eles estao reconstruindo o castelo que foi destruido pelos alemaes no final da guerra). Vale a pena ir. A escola do meu filho ja fez uma passeio de fim de ano à Provins mas a classe (na época) do meu filho nao participou. Vamos ver se eles iram no ano q vem... Se ela nao for nos iremos com ele. Bjs.

Milena F. disse...

Vanessa, ainda não conhecia essa festa, fica aí a dica!!!
Com criança Provins deve ser ainda mais interessante no festival! Eu queria tanto levar o meu sobrinho, mas até agora não deu (ele está no Brasil). Com marido historiador, entendo que os passeios acabam tendo sempre essa ênfase! Otimo, néao? A gente aprende tanta coisa!