segunda-feira, 21 de março de 2011

Líbia, França e Eu

          Resolvi falar brevemente deste assunto pois muitos amigos e familiares brasileiros têm se mostrado muito inquietos em relação à intervenção da França (e outros países como Inglaterra, EUA, Canadá, Itália, etc) na Líbia.
          Não sei o que a televisão brasileira anda comentando pois não assisto tv brasileira (em primeiro lugar porque não tenho tempo e em segundo porque vivendo na França os acontecimentos no Brasil têm um impacto bem menor na minha vida do que os acontecimentos por aqui), mas aqui na França e na Europa o clima está muito tranquilo, ninguém está com medo de uma represalha ou uma invasão da Líbia na Europa. Ninguém acredita no poder naval, aéreo ou armamentício da Líbia. Então, ninguém fala em 3ª Guerra Mundial!
          Imagino que tem muita gente superestimando a Líbia, quando na verdade ela está acuada e sem nenhum aliado (parece que o único país que manifestou algum apoio). O ditador libiano Kadhafi é odiado pelos demais dirigentes árabes, que o consideram excêntrico e nem um pouco confiável. o Conselho do mundo árabe propôs e continua apoiando a intervenção da ONU no problema.
          Para mim, a Guerra no Iraque (caça a Saddam Hussein) foi muito mais perigososa, pois o Iraque era um país muito mais forte em armas e estratégias militares, e ainda se falava em ameaça nuclear e outros perigos (que nunca foram provados). E a intervenção no Afeganistão também foi e aainda é muito mais perigosa para as nações oposantes, pois um país reconhecido pela sua violência e ameaça terrorista justifica ser temido.
          O que podemos temer é uma ameaça terrorista de Khadafi, mas para isso precisamos estar no lugar errado e na hora errada para sermos atingidos. Não vou deixar de seguir a minha vida e de sair de casa devido aameaçar terroristas.
          Mas espero que essa "guerra" acabe de uma vez, minimizando as perdas humanos e materiais para ambos os lados. O mundo já vem sofrendo muito nesses últimos tempos e precisa muito mais de solidariedade do que de ódio!

P.S.: Gostaria de manifestar meus sentimentos em relação ao drama que viveu e ainda está vivendo o Japão. Trata-se de um país e de um povo que sempre admirei. Conheço um pouco das tradições, costumes e força dessa nação, já que tenho vários amigos japoneses e de origem japonesa. Como li em alguns blogs, mesmo estando aqui distante, eu me sinto um pouco mal em continuar fazendo coisas simples do dia a dia quando tem tanta gente sofrendo, como sair, me divertir, ou mesmo comer uma sobremesa. Mas por outro lado, existem muitos outros países em que as pessoas passam fome (no Brasil também, a gente esquece) e morrem de frio, e em muitos os direitos básicos à liberdade e à vida não são preservados, mas a gente não vê todo dia na televisão e até esquece que existe, e assim continuamos seguindo as nossas vidas...
Eu ainda sonho com um mundo menos desigual!!!

Eu e o SARUBOBO, um mascote da sorte da região de HIDA, no Japão (se aprendi bem a minha lição!)

6 comentários:

Angela disse...

Olá Milena, aqui na Alemanha também está tranquilo em relaçao a Líbia.Para falar a verdade, a Chanceler nem está preocupada.Precisa muito mais para uma nova guerra. Acho que com o Kadhafi logo acaba esta novela.Beijos e uma ótima semana.

Alexandre Mauj Imamura (lostinjapan.tk) disse...

achei muito bacana vc ter feito esse post. Pois é uma maneira da gente sentir como são as coisas realmente, em vez de ser aquilo que nos passam.

Vi um canal fazendo mto estardalhaço (de uma mesma rede de tv brasileira que "matou" o Japão todo no tsunami, até musica colocavam pra deixar as cenas mais dramáticas) e pelo seu parecer a gente nota que o povo está relativamente tranquilo. E que tudo acabe logo.

Obrigado pelo seu carinho com o povo daqui... é uma hora muito difícil mas o povo vai se reerguer. aqui tb tá todo mundo triste, o governo tem pedido para voltar a alegria, o ânimo, pq é hora de recomeçar e reconstruir... mas tá difícil.

obrigado viu?
bjs

Adriana Alencar disse...

É bom saber um pouco mais de quem vive mais de perto as coisas, assim nos tranquilizamos.
Beijo
Adri

Ana Paula Gervason disse...

Otimo post! Eu tambem sonho com um mundo bem melhor e sem desigualdades sociais...mas por enquanto ficamos no sonho...
Que Deus ilumine essas pessoas!

Bjss e uma ótima semana!!!

http://toutlamour.blogspot.com/

Mulher de Fases disse...

Oi Milena, vamos esperar que essa guerra no Líbano acabe logo né? O país todo destruído, gente inocente sendo morta, horrível. Aqui não tem nenhuma ameaca, mas é trsite ver as noticías na TV.

A catastrofe no Japão é de chorar também, cenas chocantes... Primeiro a catastrofe no Brasil, depois na Australia e agora no Japao... Horrível! Deus nos proteja.

Celia na Italia disse...

Que mundo mais agitado este que vivemos!
Bom saber que os malucos estao cada vez mais isolados, uma pena é ver gente inocente tendo que conviver com este tipo de situaçao.