sexta-feira, 2 de março de 2012

Disneyland Paris: voltando a ser criança

Já com 30 anos passados e morando por aqui há mais de 3 anos, somente agora consegui conhecer a Disney!

Cada vez era uma desculpa: muito frio, muito quente, muita gente, falta de tempo... Desta vez aproveitamos que a família de Sylvain (parte dela!) vinha à Paris e fizemos esse passeio com a criançada!


 A versão é muito menor da dos EUA, mas realmente a gente se sente em um ambiente de fantasia...


 Aqui se vive um mundo de sonhos e acredita-se que conto de fadas existe... 
Não deixa de ser contrastante com o mundo real!
 As lojas são umas mais lindas do que as outras, com um produto mais sedutor que o outro... O outro lado é esse "despero de consumação" que se instala. Eh legal comprar uma lembrancinha, mas me incomoda um pouco esse consumismo que começa mesmo com as crianças bem pequenas, que começam a pedir todos os brinquedos, roupas e acessórios! Pode virar o desespero dos pais!
Existem vários tipos de ingressos, todos com preços diferentes, dependendo da data, promoções, e levando-se em conta visitar um ou dois parques (Disneyland e Wall Disney Studios). Visitamos em apenas um dia os dois parques, mas é claro que não conseguimos fazer muitas atrações pois nosso grupo era grande e ainda tinha criança no meio, algumas pequenas, mas foi muito legal passear, passar um momento em família e descobrir algumas atrações.
Na entrada dos parques podemos obter (gratuitamente) um mapa e assim escolher as atrações que desejamos, de acordo com o tipo: radicais, família, crianças pequenas...

Dentre as radicais fizemos a Torre do Terror, com o elevador que cai... Eu que não sou lá dessas coisas adorei!!! Toda a preparação, as explicações, tudo parece realmente bem real!

Fizemos uma atração sobre o tema do filme Nemo, mas não se enganem, pois é radical mesmo!!! Em um brinquedo que imita uma tartaruga de 4 lugares, mergulhamos e seguimos as correntes marítimas... Tudo muito rápido, girando para todos os lados, e uma parte no escuro... saí de lá com o cérebro completamente sacudido e fora do lugar!

Também fizemos uma montanha russa bem menos agitada que a Space Mountain e Indiana Jones, foi a Big Thunder Mountain. Nessa podemos apreciar a paisagem e vista do parque, mas com menos velocidade e loopings.

 As demais atrações foram famialiares e bem mais leves... Mas os cenários são lindos! 
Um passeio para todas as idades, mesmo se você já não é mais criança e nem tem uma!

Os personagens estão por toda parte, mas para tirar uma foto com eles, melhor desembolsar uma boa quantia... Ok, não sou mais criança e posso sobreviver sem uma foto do Mickey!

Qual foi a última vez que você se sentiu novamente criança? 


Disneyland Paris:
Como chegar: todos os caminhos levam à Disney! Mas aconselho os transportes públicos. O RER A (linha vermelha), estação Marne-la-Vallée/Chessy, que nos deixa literalmente na porta dos parques a apenas 40 minutos de Paris.
De carro, contar o preço do estacionamento (15€/dia para um carro "normal"), uma caminhada até os parques e um possível engarrafamento!
Outra opção sãos os hotéis dos arredores para quem quer dedicar mais de um dia à Disney. Alguns são muito bons que disponibilizam "pacotes" para famílias e estacionamento gratuito. 

15 comentários:

Liza disse...

Ah to pensando em fazer um baby so pra ter desculpas pra ir la!! Rs

Sandra disse...

Que gostoso fazer um passeio "infantil" de vez em quando para desopilar e voltar no tempo né?! Queria uma foto com a Minie...rs.. :-). Acredito que se não fosse cobrado muita gente ia querer fotos com os personagens.

Milena F. disse...

Liza, vai sem desculpa mesmo!

Sandra, eu tb quaria, mas acredita que mesmo custando 15€ cada foto ainda tinha uma fila imensa???

Marta FG disse...

Será que me pode dar dicas de museus gratuitos e refeições económicas em Paris e cidades do noroeste da França k vc gosta?
Bj

Milena F. disse...

Marta, museus gratuitos são os da "ville de Paris", como o museu Carnavalet no bairro Marais (em um hotel particulier muito lindo!), a casa de Victor Hugo na Place de Vosges, e tem um que eu queria muito ir mas ainda não fui, é o Musée de la vie romantique, com obras que datam do romantismo. Os museus nacionais (Louvre, Orsay, Pompidou, por exemplo), são gratuitos no primeiro domingo do mês.
Para refeições baratas, tem umas ruazinhas ao redor do metrô St Michel com menus (entrada, prato e sobremesa) a partir de 10€! Não é a "grande gastronomia francesa", mas néao é ruim não! Geralmente a decoração é bem bonitinha, atendimento correto, e permite sair da fórmula sanduiche-panini.
E em relação ao noroeste da França, vc pensa em uma cidade ou região em particular? Grandes ou pequenas? Longe ou perto de Paris?

Ma Petite Lima disse...

Mi, vc acredita que ja estamos em Nice 3 anos e talz, e ainda não conhecemos Paris.. Aimmmm, mas esse ano dou um pulinho ai.
Bjusss
Joanna

http://mapetitelima01.blogspot.com/

G.Erika disse...

Que fotos lindas!!! Deve ter sido um passeio adorável!

beijo com carinho

gleikka.blogspot.com

cintia disse...

AAHHHH, doida pra ir? Doida! Fquei com mais vontade agora... culpa sua!

Milena disse...

Ai eu ia amar! Adoro os parques!

Vanessa à Paris disse...

Corajosa, na torre eu não vou.
Eu amo a Space mountain e aquela Aerosmith tb.
Hahah a do Nemo foi realmente uma surpresa, pois nunca iria imaginar que ela seria tão radical.

Rebeca May disse...

Oi Milena! É minha primeira vez no teu blog e já adorei a dica! Ainda n fui em nenhum dos parques dos EUA, mas agora me deu uma vontade...
VC n falou qual foi sua atração favorita.Agora fiquei curiosa..

Gde Beijo,

Rebeca
xoxo

Rebeca May disse...

Ah! A ultima vez q me senti como criança foi ontem, qnd andei de kaiak. Amo a natureza.

:)

Beth Blue disse...

Também adorei a Disneyland Paris! Fui quando meu filho completou 6 anos...desde então nunca mais estive em Paris! Uma pena porque adoro a cidade.

Kátia Malgueiro Karaman disse...

imagina uma marmanjona se sentindo a criança feliz?

Total EU kkkk

adoreeeeei e um dia vou conhecer!!!!

Beijokas

Karla Gê disse...

oi, Milena!
Estou pensando em ir no fim do ano à Disney! Nunca fui e sempre tive curiosidade apesar de não ser tãaaaao fã assim dos desenhos...rs
Minha pergunta é: lá dentro do parque eles falam francês ou só inglês? Pq eu sou péssima na língua do Tio Sam e se falarem francês, tenho mais chance de entender e ser entendida! rsrs
beijos! E quero te ver no fim do ano tbm, viu! :)