quarta-feira, 16 de maio de 2012

Viena em um piscar de olhos

Continuamos nossa caminhada pelas ruas de Viena em direção ao Belvedere, o antigo palácio de verão do príncipe Eugênio de Savóia, que na sua origem ficava na periferia de Viena. São duas grandes construções: Oberes Belverede (Belvedere Superior), destinado à habitação, e Unteres Belvedere (Berlvedere Inferior), destinado às recepções. Atualmente abrigam três grandes museus de arte austríaca. 
Com a morte do príncipe, a residência foi comprada pelos Habsbourg, que nunca moraram ali. Uma única noite marca a residência: o grande baile de máscara com 16 mil convidados para a ocasião do casamento de Maria-Antonieta (futura rainha da França, mas austríaca) com o futuro rei da França Luís XVI.
 Belvedere inferior visto de frente e de fundos.


 Os sphinx, figuras enigmáticas, com seu corpo de leão e cabeça de mulher, simbolizam a união da força e da inteligência.
 Na parte superior dos jardins encontra-se o Belvedere Superior, com as suas influências orientais.
 O Belvedere Superior é um exemplo finíssimo de arquitetura barroca. O teto inspirado das tendas otomanas evoca as vitórias do príncipe Eugênio.
 Além da sua suntuosa capela e da grande sala de mármore, abriga uma remarcável coleção de pinturas e esculturas, da época medieval até a época contemporânea, passando pelo barroco.  
 Aqui duas lindas pinturas dos jardins do Belvedere imortalizadas pelo pintor Canaletto (Kunst Historisches Museum de Viena), famoso pelas suas cenas "fotográficas" de Veneza no século XVIII.

A principal atração é sem dúvida essa obra "O beijo" (1902), de Gustav Klimt. As dimensões são são impressionantes e a fusão dos personagens, sem contar as suas pinceladas e as cores. A foto é das imagens da internet, pois tinha um funcionário todo o tempo ao lado da pintura para evitar fotos ou outros comportamentos proibidos. Ou tras obras do artista fazem parte da coleção do museu.

Judith I é um outro personagem emblemático do artista, que reinterpreta o personagem bíblico como uma vienense estilo "mulher fatal".

 Tive a oportunidade de ver de perto a obra do excêntrico artista Franz Xaver Messerschmidt (1736-1783)que fazia caretas diante de um espelho para a sua coleção de "Cabeças de caracter". Ele fazia um grande sucesso na corte e soube captar como ninguém as expressões humanas. Ninguém fez nada de comparável na história da arte, e ele dominava como ninguém a sua técnica.

 Ali perto um momumento pela liberação de Viena pelos Russos. Porém os agradecimentos ao exército vermelho duraram pouco...

Ali pertinho podemos visitar a Karlsplatz, com a Karlskirche como principal (mas não a única!) atração.
 Como vocês podem perceber pela mudança das cores do céu, uma pancada de chuva realmente impressionante estava para cair sobre as nossas cabeças...
 As duas colunas são como as de Trajano, em Roma.Para a nossa tristeza, fechadas ao público.
 Sua graciosa cúpula domina a fachada barroca desta igreja

Informações práticas:

Para visitar o Belvedere:
- Os jardins são gratuitos, mas o bilhete para os 3 museus custa 14€, ou 11€ apenas para o Belvedere Superior, o mais interessante na minha opinião.

Karlskirche:
- Infelizmente é paga (6€). Quem quer muito economizar, o jeito é assistir a missa das 18h ou de domingo às 11h.

8 comentários:

Jorge Fortunato disse...

Eu gostei muito de visitar o Belvedere. E foi ali que fiz uma das fotos mais lindas da minha viagem. Um frio tremendo, céu azul, sol brilhando e o Palácio. E só visitei o Belvedere superiro. E essa igreja não visitei e nem sabia que tinha que pagar..rs
Beijos

KINHA disse...

Olá Milena

Estava viajando um pouco por seu blog. Praga deve ser um encanto. Kinho e eu estamos planejando para o próximo ano, ficar 1 mês em Paris. Vimos um loft no Marré , próximo a Tour Sant Jaques e ficamos encantados. O que vc acha desta localização? Se souber de algum com boa localização me avise.

BJ000000000.................
www.amigadamoda1.com

Flavita disse...

Viajo com vc através do Blog, adorando tudo isso.Bjocas.

Regina disse...

Bom dia Milena!
Uma viagem cultural esse seu post, parabéns! não conheço Viena, mas gostaria muito, é na minha opinião uma das cisades mais culturais no mundo.
Tenha um otimo dia!
Beijo
http://oblogdamulherpoderosa.blogspot.fr

Graça Oliveira disse...

Olá querida amiga q ñ conheço...rsrsrs Amo viajar com vc... estava sumida, muita correria, trabalho, casa,marido... Já estou de volta e amando tudo..

Bjos e fique com Deus...

Milena F. disse...

Jorge, essa igreja fica mais para o lado Sul de Viena, perto do Belvedere! Infelizmente quase tudo é pago em Viena, vc reparou? E não é barato...

Kinha
O Marais é um dos bairros mais "descolados" de Paris, uma excelente localização, com lojas exclusivas (muita moda e criatividade passa por lá!).
Vale lembrar que é igualmente um bairro onde dois universos se cruzam: um antigo bairro judeu (o melhor falafel da cidade se encontra ali) e homossexual. O tipo de mistura que a gente praticamente só vê em Paris!

Flavita, ainda tenho muitas novidades! Continue ligada!

Regina, realmente tudo cheira à cultura por lá! Uma delícia!

Graça, fico contente que estejas de volta!!!

Beth Blue disse...

Menina, quem precisa de guia quando pode ler tudo no seu blog?!! Fico admirada com a sua paciência, eu às vezes tenho uma preguiça imensa de postar!

Posts completos e ainda por cima, com belíssimas fotos. Pelo jeito você resolveu aquele problema com o Blogger, né?

E esta pintura O Beijo do Klimt deve ser mesmo maravilhosa...suspiro.

Nina disse...

Viena é mesmo linda! toda enorme, rica, nao é?? tanto luxo naqueles predios antigos, deixei o queixo cair livremente qd estivemos la :-)