terça-feira, 17 de abril de 2012

Carolus Thermen, em Aachen

(abre parênteses)
Já andei comentando por aqui que sou uma pessoa muito estressada, mas a verdade é que boa parte da culpa está em mim mesma, já que sou uma pessoa que acaba tomando todas as responsabilidades para si.
E semana passado foi bem estressante no trabalho. A semana já tinha começado difícil, a chefe em seminário regional com o seu chefe e todas as peças mais altas da hierarquia, e eu no "batente", estava impossível chegar aos resultados desejados.
Para piorar, na quinta-feira cheguei para trabalhar e os computadores não funcionavam! Uma hora no telefone com o serviço de informática (que fica no sul da França) e chegamos à conclusão que o que não funcionava era um certo transformador. Ficaram de nos enviar mas não chegaria antes do dia seguinte.
Enquanto isso o trabalho atrasando, sem poder avançar muito, e tudo que eu e a minha colega fazíamos teria que ser repassado no dia seguinte nos computadores "oficiais", pois é necessário um sistema específico interno ou a intranet.
Mas como nada acontece sozinho, ainda recebi a visita de 2 técnicos (estava esperando há mais de 2 semanas!) para uma manutenção elétrica!
E ao mesmo tempo chegam outros dois técnicos (sem marcar hora) para a manutenção do ar condicionado! Os quatro ficaram ali praticamente a tarde toda, no maior clima de camaradagem e piadinhas entre homens, como se estivessem na casa deles! Vê se pode?
Na sexta (somente à tarde!) chegou a tal peça que eu instalei (pois eu já tinha comentado que por aqui a gente tem que fazer mesmo o que não está no contrato), e felizmente tudo funcionou! Consegui assim terminar o trabalho de quinta e fiquei até às 22h para avançar o máximo possível o que tinha ficado faltando.
(Fecha parênteses)
E no sábado o programa era acordar às 4h30 para pegar o trem das 6h para passar o final de semana em Aachen, na Alemanha. Juro que se as passagem pudessem ser remarcadas ou reembolsadas, teria feito! Mas como detesto perder dinheiro fomos mesmo assim e não poderia ter sido a melhor decisão!

Além de passear pela cidade, visitar alguns museus e aproveitar da culinária local (o que sempre incluímos em nossos roteiros), desta vez fizemos uma paradinha relaxamento no Carolus Thermen.

Aachen é uma cidade conhecida pelas suas águas termais, onde os imperadores romanos já vinham pelas águas. Carlos Magno provavelmente escolheu o local pela mesma razão.
O interessante das Termas Carolus é que existem muitas opções para aproveitar o local, e os preços são incrivelmente acessíveis!
No final de semana, até 2h30 custa somente 12€! O dia inteiro fica em 16€. Para quem quer curtir as diversas saunas, acrescenta-se outros 12€ por 2h30 até 16€ para o dia inteiro. Queríamos testar as saunas, mas quando vimos que era necessário entrar sem traje de banho e vi um homem saindo com a toalha mal enrolada e mostrando tudo o que tinha para mostrar, não tivemos coragem desta vez!
Achei muito curioso, pois imaginei encontrar muitas pessoas idosas, mas na verdade nesse dia o que mais tinha eram jovens casais. Poucas crianças e o ambiente era calmo, nada a ver com o barulho dos parques aquáticos! Também fiquei com uma outra impressão dos alemães, já que entre casais eles pareciam bem carinhosos e brincalhões, diferente do que sempre me disseram, que alemão não beija em público nem manisfesta afeto (isso falam de todos os europeus, não só dos alemães).

Sylvain que não gosta de piscina e que foi porque eu estava precisando mesmo só para me agradar, não queria mais sair daquelas águas quentinhas (as quentes iam de 32 à 38ºC) e ainda queria voltar no dia seguinte! Ele até aceitou testar as piscinas externas apesar do frio na faixa dos 5ºC que fazia lá fora. Tudinho com águas termais de Aachen!
 (duas fotos do site, já que não entrei com aparelho fotográfico)

E não é que algumas horas naquelas piscinas quentes acabam com qualquer estresse? 

Voltei calminha, calminha...
O que mais posso querer da vida?

Informações práticas:
- Não pagamos nada na entrada, apenas na saída de acordo com o que consumimos/utilizamos e o tempo.
- Na entrada nos entregam uma fichina amarela e um ticket. Quem diz que sabíamos o que fazer com elas? Seguimos os demais usuários.
 Na verdade existem esses cofrinhos para os objetos mais importantes como carteira, documentos, telefone. Basta escolher qualquer um, fechar com a chafe e recuperá-la. A mesma está presa em uma pulseirinha de plástico com um espaço para colocar a fichina amarela.
Então entramos em uma dessas cabines para colocarmos a roupa de banho e saímos do outro lado, onde existem os armários para os demais pertences (roupas, por exemplo), mas desta vez temo que localizar exatamente o mesmo número do primeiro cofre/puseira.
Depois existem as duchas separadas em masculinas e fenininas e podemos nos dirigir às piscinas, hamman, saunas e demais atividades, incluindo loja e restaurante.
Para sair o esquema é o mesmo, mas ao inverso. Na saída, de acordo com o que foi incluído na ficha, efetuamos o pagamento. Nenhuma surpresa desagradável!

Site oficial: http://www.carolus-thermen.de/

5 comentários:

Inaie disse...

desculpe, mas nao pude deixar de rir com a invasao dos caras da manutencao. Computador, A/C e eletricidade, tudoaomesmotempo agora? kkkk

Pelo menos vc foi passear no "balneario" e recarregou as baterias. Nao me canso de admirar esses Romanos. Estiveram por toda parte. e se tivesse uma aguinha, la vinha banho romano...

Line disse...

Ah eu amo sauna e banhos termais, que são realmente muito relaxantes!
Aqui tem os dias em que você pode ficar com a sua roupa de banho nas saunas, e tem também dias em que a entrada é permitida só para mulheres.
A nossa primeira vez "ao natural" foi uma experiência muito engraçada, mas fantástica! Depois depois do choque inicial, aproveitamos muito!
Da próxima vez sugiro que tentem, porque é muito bom! :)

Beijos!

Milena F. disse...

Inaie, tudo ao mesmo tempo... o tipo de coisa que a gente conta e ninguém acredita, mas acontece!

Line, na academia onde costumo ir tem sauna feminina sem problemas, mas não nos sentimos a vontade para curtir "ao natural" com outros homens e mulheres. Frescuras provincianas!

Mulher de Fases disse...

Que delicía!! Bem merecido depoois de tanto estrresse do trabalho!!!

Milena F. disse...

Simone, jah fas um tempinho, mas acho que controlamos o tempo para ficarmos somente 2h30, que era a primeira tarifa. A diferença para ficar mais não era grande, mas não tinhamos muito tempo.
Estive em outra estação termal onde me explicaram que não deveriamos ficar mais de 30 minutos na agua, eu fiquei, estava tão bom, mas no meio da noite passei mal, acordei umas 3h da manhã com a cabeça explodindo e no hotel me disserram que foi excesso de "cura termal"...