quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Murano, "a duas braçadas de Veneza"

Um passeio imperdível para quem está em Veneza é partir de barco (vaporetto) até uma das ilhas mais próximas, Murano.

 Eh de lá que vem tradicionalmente os vidros de Murano.

Optamos por um ticket de vaporetto que dá acesso ilimitado aos transportes públicos (aquáticos), pois queríamos visitar ainda duas outras ilhas, e lá fomos nós pegar o primeiro vaporetto do dia direto em direção à Murano. No trajeto direto saindo da Praça São Marcos é possível chegar lá em torno de 20 minutos.

Visitamos, é claro, as fábricas de vidro, atração principal da Ilha. Vimos um pouco a fabricação das peças e visitamos as lojas... mas confesso que rapidamente perdi o interesse, pois detestei o atendimento dos vendedores! Para começar, em todas as lojas (das fábricas) parecia que eles estavam uniformizados, com blazer xadrez e calça bege ou jeans, com um estilo canalha-malandro sedutor que detesto, e realmente os vendedores eram tão "agressivos" nas vendas que não queriam nos largar de jeito nenhum... Pensei que não conseguiria sair dali antes de pagar 20 mil euros pela minha liberdade, com a desculpa de comprar um lustre (que no início custava 3 vezes mais caro!). Mas enfim eles viam que a gente não tinha esse dinheiro e então o tratamento era exatamente o oposto: "se vocês não têm intenção de comprar, a porta da rua é lá". 
 O maestri e o tiozinho chato que tenta nos empurrar as peças no canto à direita. 

Contentes de enfim escapar sem desembolsar um tostão (ou 10 mil tostões), fomos explorar a ilha, que é muito charmosa e pacata essa hora da manhã, antes da chegada da multidão de turistas que a invadem todos os dias, ainda mais na primavera.

As igrejas são de "tijolo a vista", bem calorosas. Como são várias ilhas, a única forma de se locomover é à pé mesmo atravessando todas as pontes, ou de barco para quem tem! :)


E por dentro a decoração é toda em mosaicos, no solo:

 E em detalhes das paredes e teto, no mesmo estilo bizantino que encontramos na catedral São Marcos.




Aproveitamos para visitar o Museu do Vidro, já que a entrada estava incluída na carta de museus que compramos em Veneza (Carte Museum Pass), e também porque não conhecíamos nada da história do Vidro e do seu processo de fabricação. Infelizmente não encontrei nenhuma foto (estávamos contra o dia).

Ficamos em Murano uma parte da manhã, depois seguimos em direção à Burano, e voltamos no final da tarde, por isso essa diferença de luminosidade nas fotos...
No trajeto de retorno à Veneza passamos pelo Cemitério (ainda quero voltar um dia, encontrar o vaporetto certo que para lá e visitar! Quando é que a gente tem a oportunidade de ver um cemitério no meio da água?)

 Aproximar-se de Veneza ao cair da noite nos deixam imagens sem preço, que ficam guardadas para sempre na memória!

10 comentários:

KINHA disse...

Olá Milena

Adorei rever estas imagens. Conheci Murano em dia chuvoso, mas mesmo assim foi maravilhoso.
Uma ótima 5º feira à vc..............

BJ000000000...................
www.amigadamoda1.com

Tania Ziert Baião disse...

Tenho enorme vontade de conhecer. Gosto muito dos trabalhos em vidro!
Suas fotos aumentaram o desejo.
Abraços

The Chic Etoile disse...

Hi my dear!!

I love the photos you have chosen...and above all the words that you have used!!!I have been in Venice last year...it's so romantic!!

GREAT BLOG!!PERFECT OUTFIT!!

Visit my blog,and if love it,we could follow each other!!! :)
I'll wait your answer on my blog!!! <3

http://thechicetoile.blogspot.com

XOXOXO

Celia na Italia disse...

Milena
Veneza e arredores sao magnificos.
O tratamento dos Italianos, as vezes deixa a desejar, mas com um final de dia como vc mostrou na ultima foto, qq aborrecimento e esquecido!

Gisley Scott disse...

Veneza é um charme e os vendedores de vidro que vão plantar coquinho! hahaha!Amei a última foto e a foto da igreja onde mostra uma lâmpada vermelha bem no meio.Gostei!

Jorge Fortunato disse...

Milena
Ótimo post. Mais uma boa descoberta.
Abraços

Sandra disse...

Eu gostei mais de Murano do que de Veneza. Achei tudo lá com um ar provinciano. Lindo! Quanto aos vendedores de vidro, realmente eles são o Ó. Nenhum lugar é perfeito né...rs.. Abs e bom final de semana!!

Celia disse...

Que passeio maravilhoso. Viajei com vc. Adorei as fotos. Lindas. Bj

Enaldo disse...

Volta e meia alguém me fala do tratamento dado pelos italianos.

lili disse...

Acho que tive sorte: nas duas ocasiões em que estive na Itália, fui supermegaultra bem tratada