segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Biarritz: os encantos dessa cidade basca

Minhas férias acabam hoje, mas como o período em que normalmente o pessoal por aqui tira férias continua durante todo o mês de agosto, ainda tentarei continuar nesse clima de férias e de verão. E nada melhor do que falar de praia, não é?
Uma cidade a beira-mar que amei aqui na França e onde não me importaria de passar todas as minhas férias de verão é Biarritz. Ela é animada dia e noite, charmosa, chique sem ser pretenciosa, com muita gente bonita, atividades culturais, lojas e muitos passeios. Ou seja, tem de tudo um pouco do que gosto!!!
Biarritz fica praticamente na fronteira com a Espanha e é banhada pelo oceano Atlântico, em uma região conhecida como Pays Basque (País Basco), muito conhecida pelos movimentos separatistas basco (alguém lembra do ETA?). Mas nem por isso é necessário ter medo, longe disso.
Reservamos um hotelzinho simples, baratinho e muito agradável a dois passos da praia du Vieux Port (do velho porto), minúscula, com suas águas claras e calmas pela manhã (maré baixa). A minha praia favorita, não perdia um dia sequer!
O dia começava cedinho com uma passadinha pelo mercado publico (área fechada) para olhar os produtos do dia e tomar o café da manhã. Fiquei fã do gâteau basque (bolo basco)! Se quando foi criado no século XVII ele não era recheado, mais tarde começou a contar com recheios diversos de acordo com a estação. Mas os únicos que eu vi e provei eram com recheios de creme de cereja ou de creme (meu favorito!)
A manhã continuava com a praia, ensolarada e que nos convidava ao farniente. E assim ficávamos até que a fome batia e corriamos a um dos simpaticos restaurantes da cidade ou então porque não uma bandejinha de paella para degustar à sombra de uma arvore, em um banquinho com vista para o mar?
A tarde, jah que a maré subia de forma impressionante e violenta, dedicavamos às visitas, que em Biarritz são inúmeras:
- Caminhada de la grande plage (da praia grande). Também conhecida domo la côte des fous (costa dos loucos), pois convencidos das virtudes terapeuticas do mar, costumava-se mergulhar os loucos por esses lados no século XVII.
Não notei nenhuma mudança terapeutica significativa após diversos mergulhos... mas não custa tentar!
- O porto dos pescadores (le port des pêcheurs)
- O Rochedo da Virgem (rocher de la vierge)
- Farol (le phare) que data de 1834 exige um certo folego para subir os  seus 248 degraus.
- A capela imperial (la chapelle impériale), em homenagem a Nossa Senhora de Guadalupe. Construída em 1864 por ordem da imperatriz Eugenie, esposa de Napoleão III (até 1868 o casal visitava anualmente a cidade para aproveitar o clima e o mar). O casal veraneava no local onde hoje se encontra o luxuoso hotel du Palais, reconstruído após um incêncio.
A capela
- Asiatica museu de arte asiatica, bem recente, abrigando a coleção de um grande e rico admirador de arte oriental, principalmente oriunda da India, China e Tibet, no total mais de mil obras unicas e originais, em total interação com o visitante. Bem didático para quem como eu não conhece arte asiática e nem um pouco decepcionante para quem como Sylvain é um amador e bom conhecedor do tema.
- A Igreja Ste-Eugenie:
- Outras atrações: Museu do Mar (musée de la mer), Museu do Chocolate, a Igreja ortodoxa russa (com obras oriundas de São Petersbourg), a parte comercial da cidade, com suas simpáticas lojas e as belíssimas residências!

Adorei a qualidade do linge de maison Basque (cama, mesa e banho)
Mas como a principal atração é o mar, existem diversas praias (da minha prefrida eu já falei), mas existem outras, como:
- La grande plage: muito movimentada, não gostei muito por ser muito aberta, com áreas delimitadas para banho. Se a maré está baixa ficamos sentados longe do mar, e se está subindo, corremos todo o tempo o risco de sermos atingidos por uma onda!!!
- Miramar: charme e tranquilidade em maré baixa, mas pode ser violenta em maré alta. Vimos vários turistas presos nos rochedos, sendo resgatados pela guarda costeira (ou algo semelhante). Melhor não pagar mico nem correr risco!
- La côte des basques (a costa dos bascos): praia muito apreciada pelos sufistas. Mas os amadores precisam tomar muito cuidado, pois em maré alta as ondas batem violentamente nos rochedos.
As outras praias são Marbella e Milady. Confesso que no inicio fiquei meio decepcionada com a consistência da areia, bem grossa, parecida com a areia de construção, nada a ver com a nossa areia fina que encontramos na maioria das praias brasileiras. Mas ao longo dos dias fui me acostumando, nada que não possa ser resolvido com uma toalha mais grossinha para substituir a canga no momento de se sentar ou deitar para preparar o bronzeado!
E à noite, a cidade fica toda iluminada, permitindo um passeio pelo calçadão ou pelas ruas com lojas abertas até tarde, bares e restaurantes. Quem me dera férias assim o ano inteiro!

6 comentários:

Pois Ze disse...

Olá Milena!!!
Que bom hein??? Tive o prazer de visitar Biarrotz e Bayonne já faz uns bons anos e fiquei apaixonado pela região! Lindíssimo, parabéns pelo excelente post a respeito e que se divirta muito por aí!
Abraço, Zé Maria

C. disse...

Lindíssimo esse lugar!!!!

Glau Nott disse...

oi milena, vi teu blog no blog da cintia. axei mt legal ;)

fiquei com invejinha do lugar ;D

Denilson Melo disse...

Amiga,


conheço San Sebastian.......que fica em regiões próximas onde fostes........ambos lugares sao lindosssss..parabens

Sylvain disse...

Biarritz est trés agréable à découvrir car elle nous dévoile une vraie qualité de vie avec ses commerces,ses hôtels et ses restaurants à quelques pas des plages.Les amoureux de l'eau et des sports nautiques y trouveront de nombreuses activités bien entendu.Le musée des arts asiatiques possède une superbe collection d'objets et de sculptures De trés bons souvenirs...

Alba disse...

Lindo Biarritz, as fotos ficaram maravilhosas, e a modelo está linda e très chic! Confesso que não gosto muito de cidades praianas, pq acho que fica tudo tão "largado", rsrsrs,prefiro sempre a falta de glamour e correria metropolitana,mas confesso que está encantadora esta paisagem.