quinta-feira, 21 de abril de 2011

"No pain, no gain"

          Cansei de ser gorda! Claro, imagino que algumas pessoas que me conhecem vão logo tentar me convencer que estou exagerando e que não sou gorda nem nada... Ok, vou reformular: cansei de ser "gordinha" ou "acima do peso". Sempre tive na minha cabeça a imagem que se dividíssemos o mundo em gordos e magros, eu estaria na categoria dos gordinhos. E isso foi a vida inteira, desde que eu tinha uns 12 anos de idade.
          No Brasil, na minha família e entre amigos, eu era a que menos comia (mesmo sendo gordinha), mas aqui na França acabo sendo a que mais come em comparação com as outras mulheres que eu conheço. Nem acho que eu coma tanto assim, mas quando tem entrada, prato e sobremesa, eu geralmente provo de tudo, enquanto as outras ficam só na entrada e sobremesa, as vezes o prato, mas é claro que elas nunca pulam a sobremesa! Então vem sempre aqueles comentários: você comeu os 3 pratos? Nunca vi uma mulher que come tanto quanto um homem!
          Quando estava na universidade aqui na França, tinha colegas de todas as nacionalidades. Cada uma levava de casa o "almoço" e almoçavamos juntas. As japonesas, para meu maior espanto, comiam um sanduiche do tamanho de uma bisnaguinha da Seven Boys, enquanto eu estava lá com o meu sanduiche preparado com 1/3 de uma baguette!!! Não entendo como elas conseguiam enfrentar aulas manhã e tarde só com esse pãozinho!
          E meu marido vive dizendo que suas colegas de trabalho (praticamente todas mulheres!) almoçam uma pequena saladinha todos os dias!
          Mas o pior foi na semana passada na Itália... Passo por uma loja com vestidos lindos e preços acessíveis para o meu bolso e entro superempolgada. Escolhi uns 8 modelos e fui para o vestiário. O tamanho G nem fechou... A vendedora vem me ajudar e me passa o modelo GG... Que até fechou com muito sacrifício mas eu não conseguia nem respirar! Ela me olhou embaraçada e disse que sentia muito, mas que era o maior tamanho da loja...
          Então resolvi realmente fazer algo para resolver esse problema que vem me acompanhando há muitos anos! Ontem saí para trabalhar e levei uma mochila onde dentro coloquei meu par de tênis novinho que comprei há cinco anos em um free shop no Uruguai, uma blusa de esporte que comprei no ano passado nas liquidações da Adidas (e que ainda estava com a etiqueta de preço) e uma calça que uso para ficar em casa.  Fui para a academia assim que terminei minha jornada de trabalho, etapa fundamental para me transformar em uma Gisele Bündchen de 1m50 (pois a outra etapa é não menos torturante consiste em transformar metade das minhas refeições em saladinhas!).

         Eu tinha uma hora marcada com o coach que me passou algumas orientações iniciais em relação ao meu principal objetivo (emagracer!) e me passou 3 séries de 20 minutos: um aparelho "queimador de gorduras" em que puxamos uma corda e soltamos, enquanto as pernas vão flexionando e voltando ao normal, bicicleta e depois um tipo de step que eu nunca vi, e que realmente me exigiu muito esforço para chegar até o fim! Cheguei em casa praticamente morta e hoje meu corpo está um pouco dolorido. Será que eu chego até o fim?
         Estou supermotivada, mas confesso que é realmente muito duro... Ainda mais para uma pessoa como eu que detesta transpirar, detesta passar calor e que sempre preferiu a piscina ao invés da academia...

Imagens "emprestadas":
1. Dançarina na barra, de Fernando Botero (2001)

2. Litografia de Anthony Morlon, "Novo 'steeple-chase'".

3. Retrato da Senhora allan Botte, de Tamara de Lempicka.

14 comentários:

Tatiana disse...

É isso aí Milena,um dia de cada vez, o negocio é nao perder o focus.
Eu sempre malhei, mas o ultimo ano fiquei bem parada por varios motivos e agora estou tentando voltar ao meu ritmo...e uffa...nao tem sido facil voltar a criar o habito!
Adorei as fotos...rs!!!
Bjs.

Dani ;) disse...

kkkkkkk
verdade, as japas só comem um nada com gosto de nada e já se sentem cheias!!! Elas olham meu lanche e dizem: óóó, incrível!!!
kkkkkkkkkk

Eu tenho um step em casa q faço uns 15 minutos por dia, é aqueles q parece q vc tá esquiando, sabe? ele é bom, cansa pakas, mas os results são rápidos!! E abdominais procuro fazer tres series de 25, super bom!!!

Mas tenho q me controlar na comilança.....kkkkkkkkk....se não não vale né??

Força aí, miga.....segura a onda, pra ficar na saúde, sem ficar esuelética tá??

Bju no core!!

Dani do
http://estacaobeauty4you.blogspot.com/

Fernanda disse...

Ola Milena,
O começo é dificil, mas depois que você começa ver os resultados, não vai mais querer parar.
Eu comecei ha 3 meses, emagreci um pouco, ganhei musculos e passei do 44 ao 40. Nada mal né?
Bon courage!

Mônica disse...

Oi Milena!!!
Ouvindo você falar, qualquer possoa te diria, "deixa de ser boba, vc é magra", como eu sempre disse, ninguém é capaz de entender a gordura da gente né...enfim!
Te conto uma coisa, eu sempre fui o tipo magriiiinha, me amava daquele jeito, mas tb nao tinha nenhuma consciência que u fosse tao magra, simplesmente eu era daquele jeito. pensava que eu era assim e ponto, mas depois que vim pra bcn me dei conta que na verdade eu era magriiinha pq nao comia, eu era como essas meninas japonesas q vc falou, comia uma bisnaga e já estava cheia. na vida tudo é questao de costume, quanto mais vc come, mais vc tem fome e quer comer...
Enfim, hoje como bem, sou como vc, como os 3 pratos e me dá igual, pq descobri esse prazer. mas como tudo tem um preço também tive que aderir ao grupo das que se exercitam, pq é triste ver q a roupa nao fecha, as calças estao apertadas e a gente se sente mal...
tenho me esforçado para ir todos os dias na academia, procuro fazer aulas, como body pump, spinnig, pilates...pq me animo mais do que fazer todo dia a mesma coisa...e vou fechar meu 1º mês!!!
Ainda nao notei resultados, mas te digo que a auto-estima já melhorou pelo simples fato de estar fazendo algo para meu bem!!!
Por isso ânimos, força pq vale a pena!!!
beijos querida!

Milena Fischborn disse...

Tatiana, você postou recentemente sobre criar novos hábitos, esse não é fácil para mim... E vc tem razão, também é complicado voltar ao ritmo! Mas força que você consegue e chega lá!

Dani, essas japonesas são uns amores mas que estressammm!!! hehehe! Como se fosse culpa delas eu estar acima do peso!

Fernanda, parabens pela vitória, passar do 44 para o 40 não é para qualquer uma!!! Bonne continuation!

Monica, você está certa, a auto-estima é a primeira que mostra resultados!!! Boa sorte para nós então!

Cris disse...

Ai, boa sorte, vc ai e eu aqui!!!!

Mas eu estou 25kg acima do peso!!!

Estou comendo bem menos desde que cheguei no Brasil, mas tenho que enfrentar exercicios fisicos (o que eu odeio)!

Segunda me mudo para meu novo apartamento, perto da praia e com academia no predio. Nao terei desculpas!!!!

Coragem!

Cristina

Mulher de Fases disse...

hahaha... Amei as fotos. Pois é Milena, eu tb tenho esse problema do peso. As suecas tb são super magras, mas diferentemente das francesas elas comem muuuuuuuito e claro praticam muito esporte. As vezes eu me pergunto se é mesmo a genética do país ou se é pq mesmo elas comendo muito, comem saudávelmente. Talvez esse seja o segredo do sucesso. Comer razoavelmente bem, comidas saudáveis e evitar sobremesa.

Pelas suas fotos nem acho que vc está acima do peso menina, te achei num corpicho ótimo!

Beijos

José Maria Lobato disse...

Olá Milena!!
Sendo já minha seguidora, gostaria de convidar para participar no meu Sorteio PoisZé, que comemora o lançamento da minha Loja Virtual, com muitos prémios. Gostaria também de ouvir a sua opinião ou críticas à Loja e teria o maior prazer em vê-la como uma das participantes do Sorteio e quem sabe ganhar uma das minhas peças.
Um grande abraço, Zé Maria
http://josemarialobatoartesanato.blogspot.com/

Milena Fischborn disse...

Cris, boa sorte, estou aqui torcendo para você, pois sem bem o quanto é difícil perder peso. Força garota!
Debora, a genética acho que conta sim!!! Ainda não vi alguém que coma mais doce que o meu marido, e vc já o viu em fotos? Já quem como eu engorda até com o cheiro da comida, melhor evitar todos os excessos e ainda exceder na atividade física!!! heheh

Lu disse...

Q isso, essa loja o GG ficou apertado em vc?? Essa loja é pra criança entao, aff

Eu voltei pra academia, ta sendo dificil , mas espero conseguir manter. Odeio puxar ferro e sentir dor..; to fazendo levinho por enquanto.

Mas alimentaçao, uma dica é colocar pouco na boca e mastigar bem... em pouco tempo vc vai conseguir se saciar com pouco. Eu como tao devagar q chega a cansar logo..rsrs
Mas sobremesa eu nao despensoooo, esse é o meu pecado.
Ai posso até ser considerada magra, mas fica akeles pneusinhos indesejaveis, ou seja, uma falsa magra q ainda tem muita gordura a perder.

Força e determinaçao na sua meta, mas nao faça nada exagerado pra nao ter consequencias ruins.
Bjim

Taise Pottier disse...

Oi Milena! nossa desejo muita força pra vc, pois nos sabemos como é dificil voltar a fazer exercicios e eu também estou passando pela mesma coisa, estou quase 10kg acima do meu peso ideal, também vou voltar a me exercitar e fechar um pouco a boca.bjs

Milena Fischborn disse...

Lu, pois é, fiquei tão decepcionada com essa loja! Pena que agora nem lembro o nome! Eu quis apagar rapidinho da minha mente! Valeu pelas dicas!!!

Taise: então, se vc engordou deve ser ainda mais difícil, quero dizer para alguém que sempre foi magra e de repente se vê acima do peso que sempre teve habitualmente! Mas eu cansei mesmo de ser gordinha a vida inteira!!! Será que eu perco as grodurinhas que estão lá há 20 anos? hehehe

Gisley Scott disse...

Minha filha tb tomei vergonha nessa minha cara de lata...Essa semana decidi de vez que a coisa vai pra frente e toda vida que os exercícios doem, eu penso nas curvas dessa fotinha do "amanhã"....É no pain no gain mesmo, e se a gente sacrificar por um tempo, vai poder comer tudo o que gosta sem ficar se martirizando depois.

Bjos

Milena Fischborn disse...

Muito obrigada pela força!!!
Só para avisar, estou firme e forte na minha meta, e os resultados vão aparecendo aos poucos!