quarta-feira, 20 de abril de 2011

Descobrindo Roma: o Coliseu!

No segundo dia de viagem aproveitamos para realmente descobrir Roma. Saímos cedinho do hotel em direção à Basilica San Giovanni in Laterano. Trata-se da Catedral de Roma, fundada pelo imperador Constantino no século IV (incendiada ou demolida e reconstruída muitas vezes, até se tornar essa magnífica construção que vemos hoje).
As estátuas que vemos ao alto medem 7 metros, mas a gente não se dá conta a não ser que faça as contas e observe bem as dimensões da construção como um todo. A porta principal (atualmente fechada, a entrada fica a encargo das demais portas) de bronze é de origem antiga e pertencia ao Fórum Romano.


Caminhamos um pouco e chegamos às antigas Termas de Caracalla, que foi um dos maiores complexos termais da Antiguidade e que nos transporta diretamente à esse período da história. Atualmente em ruínas, ali tivemos de fato o primeiro grande contato com essa civilização. O site é grandioso, algumas paredes atingem 30 metros, é realmente muito impressionante. Uma viagem no tempo de quase 2 mil anos!

Na antiguidade, por um valor irisório os romanos podiram tomar banho nessas termas, que ficavam abertas 24h por dia. 1600 pessoas poderiam se encontrar ali ao mesmo tempo e se aproveitar das águas quentinhas.

Logo após pegamos a direção do Coliseu pela Via di S. Gregorio, passando pelo magnífico Arco di Constantino. Desviamos um pouquinho para almoçar (em um restaurante que tinhamos recebido como indicação, excelente ambiente e comida, mas porções mínimas, então não indico) e depois voltamos para visitar o Coliseu. Confesso que por mais que seja o cartão postal de Roma, eu não estava preparada para toda a emoção. Construído no primeiro século d.C., é a maior construção para espetáculos realizada pelos romanos e muito repetida mais tarde. Dentre outros "espetáculos" que ocorriam ali na Roma antiga, os combates de gladiadores eram os preferidos do público, e o afrontamento entre animais ferozes servia para aquecer o público.



Logo após aproveitamos para visitar o Fórum Romano, bem na frente, e o Palatino. Das 7 colinas de Roma, ele é sem dúvida o mais famoso devido à lenda de Romulus e Remus (disputa que custou a vida a Remus). O Palatino era o centro de Roma na época dos imperadores, depois bairro residencial durante a república, e mais tarde se tornou residência imperial, sendo mais tarde destruído pelos Bárbaros e restando ao abandono até o século XV. Foi um grande prazer  passear por esses jardins longe da aglomeração de turistas. Um momento mágico em que pudemos mesmo ficar horas e horas observando o Coliseu como se estivéssemos sós ao mundo. A vista é linda, e o pôr-do-sol repleto de história... e de histórias para contar!




Cansados mas felizes, mais uma vez fomos jantar perto da Piazza Navona, com direito à sorvete e passeio pelas ruas de Roma (passando mais uma vez pelo Panteão e Fontana di Trevi antes de chegar ao hotel.



Gostou de Roma? Veja mais sobre:

11 comentários:

Karol Nascimento disse...

Adorei as fotos. Nossa, um sonho!! Bj

Mi disse...

ha quantos anos nao vou a Roma...é uma cidade maravilhosa com certeza. e as fotos de vcs estao lindas! radiantes. bjs!

Mônica disse...

Milena! Que fotos lindas!!! Adorei!
E agora diz ai calega, como vai a malhaçao?
Força na peruca pra nós!!!!!
beijos
Mônica

Taise Pottier disse...

Oi Milina! adorei as fotos e nossa como Roma é linda. Obrigada pelas dicas exclusivas e tenho uma para vc,como vcs adoram viajar aconselho ir a Barcelona que é simplesmente lindo.bjs

Milena Fischborn disse...

Meninas, realmente adorei Roma, e se puder voltarei com prazer!

Mônica, eu estava encarando direitinho a malhação, mas fazem 2 dias que não consigo ir na academia. No primeiro pois tive uma colega doente e trabalhei das 10 às 21h (quando deveria ter saído às 16 e ido direto para a academia).
E ontem estava tão mal, com tanta cólica e náuseas (o que sempre me acontece 1 vez por mês) que fui trabalhar "me arrastando". Mas hj irei sim, antes mesmo do trabalho para não ter desculpa!!!

Taise, queremos muito ir à Barcelona (e visitar outras cidades da Espanha), mas para isso preciso ter alguns dias de folga, o que nunca acontece! Nas minhas próximas férias iremos ao Brasil, então vai ter que ficar para as férias seguintes, e aí a escolha é difícil, pois sempre quis conhecer Praga e estou pentelhando o Sylvain para me levar em um cruziro pelas Ilhas gregas... Tudo isso para dizer que ainda não sei quando vou conhecer a Espanha!

VitRep disse...

Florzinha,
Te visitando e seguindo.
Nossa...a viagem dos sonhos, Roma é uma delicia,simplismente inesquecível,parabéns !!
Passa lá no blog, tem post novinho.
Beijinhos,
Andrea
http://www.vitrinerepresentacoes.blogspot.com/

Mulher de Fases disse...

Eu fico aqui imaginando a sua emocao de ver tudo isso assim, ao vivo e a cores... Bem mais bonito que um cartão postal, não??

Eu ainda quero muito ir a Roma, não sei se irei conseguir, mas está nos meus planos.

Amei todas as dicas! Vc e tão detalhista na hora de escrever que dá até para seguir o seu roteiro com tanta riqueza de detalhes.

Bjs

Lu disse...

Ah tb quero ir :) soh Deus sabe qndo poderei... snif...

LIndas fotos.

Deu pra comer bem la? tem muita diferença com a frança?
dà pra se virar bem soh falando frances??

Bjinhos
Lu

Milena Fischborn disse...

Obrigada meninas!

Lu, Sylvain e eu achamos a comida uma decepção (mas várias pessoas já tinham me falado isso!). depois de alguns dias, comer massa e pizza todos os dias enjoa, né? E na minha humilde opinião, ainda preciso as pizzas de boas pizzarias brasileiras! Sem contar que em comparação com a França, os restaurantes decepcionam: no serviço e na conta! Além de cobrarem o couvert (pão, etc) mesmo que a gente diga que não quer, ainda podem acrescentar o que querem como taxa de serviço! E as porções, mínimas em alguns restaurantes! Dizem que os franceses tem faça de "radin" no exterior, talvez por isso os pratos dos franceses são servidos mais lentamente e em porções menores que a dos italianos e americanos. Se uma pizza custa uns 10 euros ou menos, melhor contar no mínimo uns 25 para comer uma carne, e ainda com o acompanhamento em suplemento... E o americano ainda está contente e além dos 15% do serviço, ainda deixa uma gorjeta de 20 euros!!!Muitos erros na conta, e muitas vezes o refrigerante não está no cardápio, então em um restaurante barato nos fizeram pagar por cada Coca-Cola o preço do prato!
No final a gente já estava de saco cheio de enrolação em restaurante (que nem eram tão turisticos, pois tinha muitos locais e indicados por italianos) que compravamos nosso lanche no supermercado e fomos ao MCDonald's, ao menos a gente sabia quanto iríamos pagar. E ainda por cima, o mesmo menu BigMac 2 euros mais caro que em Paris, que é considerada uma das cidades mais caras!!!

Erica Moreira disse...

lindas fotos!

Erica Moreira disse...

Roma é realmente cara, mas não é toda a Itália. Quando estivemos em Roma chegamos a pagar 4 euros e uma latinha de refrigerante. Comemos uma lasanha horrível e um café da manhã bem caro. Acabamos desistindo também e optando por um mercado, que inclusive foi quase impossível de encontrar.

Roma é fantástica, mas como tem muito turista eles enfiam a faca.