terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Filmes de 2012

Percebi que em 2012 fui realmente pouco ao cinema. Mas como quantidade não quer dizer qualidade, posso dizer que praticamente todos os filmes que vi esse ano gostei muito. Provavelmente porque escolho bem! Ou então vejo os trailers e tenho que assistir absolutamente, e nesses casos é raro me decepcionar.

Talvez eu tenha esquecido algum filme, mas fora os que já falei por aqui, os últimos vistos foram:


L'Odissée de Pi (Life of Pi)

Quando vi o trailer pela primeira vez há alguns meses fiquei fascinada pelas imagens e comecei a contar os dias para a estréia do filme, que aqui na França foi no 19 de dezembro. Realmente o filme é lindo em todos os sentidos!!! Um oceano no qual reflete um céu magnífico, um barco minúsculo, uma tradução perfeita da solidão de Pi, que sentimos na pele. O filme é sem dúvida um blockbuster, mas do ponto de vista artístico o filme não deixa nada a desejar. Um conto macabro, uma experiência visual ou um tratado de filosofia? Tem de tudo e para todos os gostos!!!



OO7 Skyfall
Sou suspeita para falar pois desde o início da minha adolescência fui fã dos antigos filmes de James Bond, principalmente com o Sean Connery. Mas esse novo 007 fez um verdadeiro sucesso aqui na França (foi o filme mais visto no cinema em 2012) e levou muitos espectadores às salas escuras que nunca antes se interessaram pelo herói-espião. Nesse filme Daniel Craig estava perfeito, e isso que ele já é perfeito por natureza! Uma forte presença em cena, e nesse filme bem humano. 


Jason Bourne: Héritage
Não posso negar que adoro filmes de ação, um gosto que passou de mãe para filha, já que a minha mãe sempre assistiu filmes de ação que geralmente agradam muito mais aos homens! Ontem mesmo estava comentando com amigos que a minha mãe adorava os filmes com o Bolo Yeung como vilão e quase não acreditaram, acharam que eu estava me confundindo de ator (para quem não conhece, ele foi o vilão em filmes com Bruce Lee, Van Damme, dentre outros)! Mas voltando ao filme acima, apesar de não ter Matt Damon, mas o ator jemery Renner não deixou nada a desejar! Mas é claro que quem espera uma relação mais próxima de Matt Damon ou mesmo o seu retorno, só vai se decepcionar!



L'Homme qui rit
Baseado na obra prima literária de Victor Hugo, o filme nos transporta em um universo estranho, que faz uma antitese entre a beleza da alma e a feiúra física. Fala da pobreza material e a seduçéao da riqueza e do poder... Do diabólico e do angélico, do amor e do desejo. Violento e delicado ao mesmo tempo. Ah, se a vida fosse menos complicada!!!
Porém, infelizmente o filme está sendo muito boicotado pela imprensa e pelos espectadores devido à forte polêmica em volta do ator Gérard Depardieu. Uma pena!!!
Além disso, a trilha sonora é de arrepiar!


A Royal Affair
Esse filme dinamarquês acabei assistindo por acaso e adorei! A história se passa em 1770 na Dinamarca e fala da relação triangular entre o rei Christian VII, sua esposa, a inglesa Caroline, e o médico do rei, o alemão Struensee. Dessa relação, fortemente influenciada pelas idéias iluministas de Voltaire e Rousseau, resultaram fortes transformações sociais a anunciaram as revoluções 20 anos mais tarde na Europa. Quem se interessa por esse tipo de filme histórico, não pode perder!!!





Dans la Maison
Um professor de francês (literatura) decepcionado com o interesse dos alunos e a qualidade da escrita dos jovens, se depara com um aluno com um grande potencial literário. Começa uma relação um tanto estranha entre os personagens, uma relação de manipulação e que incomoda, mas todos queremos saber o que se passa "na casa" (título do filme). Um filme que fala deliteratura, e quem aprecia os clássicos franceses estará bem servido!!!



Le Prénom

Vincent, que será pai em breve vai jantar na casa da irmã e cunhado, em presença de um amigo de infância. Enquanto sua esposa grávida não chega, brincadeiras de família tomam conta do ambiente, muita risada, até que ele anuncia o nome que eles pretendem dar ao bebê... Tudo sai dos eixos após esse momento e o filme passa por uma verdadeira reviravolta. O típico filme francês, com histórias de família complicadas... Em alguns momentos "pesado", e o filme pode ser um pouco agoniante, pois tudo se desenrola durante o tempo desse jantar.



Espero que 2013 nos traga bons filmes para assistir! Já tenho dois na minha listinha!!!

Quer mais dicas de filmes? Veja aquiaqui ou ainda aqui.

10 comentários:

KINHA disse...

Olá Milena

Que este ano que se inicia, seja para você, tão leve quanto uma pluma.

AMIGA da MODA by Kinha

Inaie disse...

Aqui é complicado ir ao cinema. As pessoas falam no telefone, mandam e recebem textos, conversam entre si.
O negócio é ir á sessão das 10 da manhã e ser o unico ser vivente no cinema. Você e o pipoqueiro lá fora.

Mas ainda assim, os filmes são censurados. Cortaram até a cena de beijo do Shreck e da Fiona. hahaha

Infelizmente aqui, só na base do DVD pirata. Eta vida...

Bruxa do 203 disse...

Estou louca para assistir Dans la Maison, que vai estrear em breve por aqui.

Feliz 2013!!!

Elvira disse...

Oi Milena.

Eu adoro cinema.
Não consegui assistir o filme do 007 e agora ele não está mais em cartaz. Uma pena.
Tomara que os filmes "Dans la maison" e "Le prénom" passem aqui no Brasil. Fiquei curiosa ao ler a sua sinopse.

Bjs.
Elvira

Gisley Scott disse...

Eu gostei demais do SkyFall, do drama e do roteiro.Eu ainda não assisti o Bourne Legacy mas eu sou fã da trilogia e me parece que o filme promete.

Um filme show de bola que foi lançado em 2012 foi o We bought the zoo com o Matt Damon.Sensacional!Até meu esposo chorou, rs!

Bjs

Mulher de Fases disse...

Tö querendo muito ver a história de PI. Confesso que quando vi o trailler primeiro gostei, depois achei meio bobo, mas pela sua descricäo parece ser muito bom. Me animei.
Tb vi skyfall. Acho que vi a maioria dos filmes do J.Bond. Eu gosto de uma acão, adrenalina e 007 nunca deixa a desejar quando se fala de "impossiveis".

Feliz 2013!!!

Beth Blue disse...

Eu adorei Dans la Maison, nåo só porque amo o cinema em francês em geral como François Ozon em particular! No mais, estou louca pra conferir Life of Pi porque li o livro e ainda por cima, o filme foi dirigido por um dos meus diretores favoritos: Ang Lee!

Skyfall não vi porque não morro de amores por James Bond...mas meu filho viu e adorou. Ficou fã de carteirinha e já viu 10 filmes do 007 (meu filho tem dessas coisas, até um game do 007 para Xbox o menino achou semana passada).

beijos

Milena F. disse...

Kinha, obrigada!

Inaie, não sabia que era a esse ponto! Tanta "modernidade" para algumas coisas, como celular, mas para outras tão atrasadinhos!

Bruxa, que legal que vai passar por ai!!!

Elvira, espera o DVD e veja no conforto da sua casa! Por aqui continua passando, jah estah na décima semana.

Gisley, acabei passando esse filme que vc falou, mas queria muito ver! Agora estou esperando me deparar com ele na mediateca!!!

Deborah, o filme tem sim um lado "ingênio", mas para mim boa parte do charme vem dai!!!

Feliz 2013 a todas!

Helen disse...

ADOREI Skyfall! Dos James Bonds do Daniel Craig, é o que mais gostei. Já o Bourne eu achei bem mais ou menos...e olha que em geral, gosto bastante de filmes de ação/aventura.
Estou louca para assistir Life of Pi, Les Miserables, O Hobbit e Lincoln. Gostei bastante de Silver Lining Playbook (não sei o nome em portugues) e tb de Hitchcock (mas esse dá para esperar o DVD)... Um que me impressionou foi Anna Karenina. Achei a produção super inovadora e impressionante, mas em termos de história, deixou a desejar...(na verdade, achei a historia bem ruinzinha...) Sai do cinema comentando que Tolstoy estava se contorcendo no túmulo, pois deram uma boa destruída na história clássica...mas também, é um livro dificílimo de ser adaptado em 2-3 horas...acho que é mais para mini-série.

Paula disse...

Milena

Não sabia que tinha vindo pras bandas de cá...
Essa parte de Cutty Sark é mesmo muito bonita, tive uma ótima surpresa quando conheci.Outro lugar que não é muito conhecido e que falam super bem é Richmond, ainda não fui mas assim que puder vou dar um pulo lá

bjos