sábado, 8 de outubro de 2011

La Haye du Puits: week-end en famille...

          Não a minha familia, mas na ausência dela, vou me contentado com a dos outros: no caso, a do meu marido!
          Eh verdade que não viemos muito seguido visitar a sua mãe e irmãos que habitam na cidade ou proximo de onde ele cresceu, mas tentamos vir ao menos duas vezes por ano. Eu acho que é pouco, até porque a distância não é grande (2h30 de trem), mas é verdade que com a correria da nossa vida e outras prioridades acaba faltando tempo para fazermos tudo o que queremos... E é verdade que visitar essas localidades perdidas da Normandia, pode ser novidade da primeira vez, mas depois tudo é rotineiro... Mesmo quem mora por aqui reclama da falta do que fazer, do excesso de tranquilidade e mesmo da falta de emprego... Para mim ainda é agradavel, um excelente momento para recarregar as baterias nesse ambiente calmo, com a nossa vida estressante da "cidade grande".

La Haye du Puits

          Menos de 2 mil habitantes, varias fazendas ao redor e o mar ha poucos quilômetros. Vemos por todos os lados as vacas normandas que eu acho tão lindas, plantações de alho-poro e milho.
          Do antigo château feudal, resta o Donjon, inscrito como patrimônio historico e construido no século XI. Eh considerado o mais antigo da região. Ocupado pelos ingleses durante a guerra dos 100 anos, na II Guerra Mundial foi ocupado pelos alemães (de 1940 a 1944).

As fotos são das outras vezes em que viemos, desta vez o tempo estah muito cinza, estou sem vontade de fotografar ou de ser fotografada. Mas garanto que a paisagem por aqui não mudou nada...

         Uma outra parte do castelo atualmente fica do outro lado da rua e foi reacomodado em apartamentos.
A Igreja Saint Jean foi construida em estilo neo-gotico entre 1851 e 1862 bem no centro da cidade, no local onde antes havia uma antiga igreja em estilo romano. Ela foi consideravelmente destruida durante os bombardeamentos aliados de 1944, guardando traços bem visiveis dessa época, pois uma das torres nunca foi reconstruida.


Mas o que mais gosto por aqui são das caminhadas a pé na natureza, passando por casinhas em pedra e antigas construções.

Uma outra França que quem vem somente em Paris não conhece e muitas vezes nem imagina...
Outra forma de conhecer um pouco desse pais e dessa gente que não tenho dificuldade nenhuma em amar...

Quer saber um pouco mais dessa Normandia e da França rural ?

6 comentários:

Dani ;) disse...

Nossa Milena, q lugar sonho!!!
Deeses q vemos em filme, lindo lugar pra relaxar, pensar na vida, ter aquele momento zen... zen estresse, zen corre corre...rsrsrsrs

Muito bom conhecer um pouco mais desse país tão sofisticado (eu acho, e muito rsrs)

Bju no core!
Dani do Estação Beauty4you

KINHA disse...

Olá Milena

Que local encantador!
Pretendemos alugar um apê em Paris, no próximo ano, e vistar seus arredores e a distâncias como esta.

Bjoooooooooooo.......................
www.amigadamoda1.com

Tatiana disse...

É verdade Mi, uma França bem diferente de quem so conhece Paris. Deve ser uma delicia!E que fotos liiiindas,maior gata voce,hein??
Menina...que loucura essa tua outra viagem..rs...a dos efeitos colaterais!
Voce deve ter levado o maior susto!!
Bjks!

Mikelli disse...

amo cidadezinhas pequenas e históricas =) as vezes acho mais interessante do que as cidades grandes hehe E a normandia sempre me deixou curiosa. Sou louca pra conhecer. aproveitem!! bjs!

Sylvain disse...

La ville où j'ai grandi...à jamais dans mon coeur!!!Là bas ma famille et mes souvenirs...

Milena F. disse...

Adoro visitar cidades "conhecidas " badaladas, mas também não dispenso uma cidadezinha calma... Cada uma em seu momento!