domingo, 16 de janeiro de 2011

"Um lugar chamado Annecy"

          Quando estive pela primeira vez na França em 2008, comprei um livro que falava da riqueza do patrimônio francês e me apaixonei pela cidade de Annecy, citada logo no início do livro. Prometi a mim mesma nesse momento que ainda visitaria esse lindo lugar! De volta à Porto Alegre, comprei uma revista Viaje Mais e não é que encontro uma matéria sobre a mesma cidade? Não tinha mais dúvidas, Annecy entrou na minha lista de aspirações para o ano seguinte!
(ao centro, o Palais de l'Isle)
          Annecy é uma cidade dos Alpes Franceses que possui um charmoso lago com o mesmo nome. Ela  é constituída de antigos quartiers  (bairros) renovados, com suas casas e prédios em arcos, diversos poços e fontes espalhadas pela cidade e o castelo (Château d'Annecy, erguido entre os séculos XII e XIV na parte alta da cidade). A parte mais antiga do castelo é a Tour de la Reine (torre da Rainha), com muros de 4 metros de espessura
          Aos domingos, os habitantes costumam frequentar o marché (feira) de produtos típicos da região, passear pelas margens do lago (parque Pâquier), e os apaixonados, é claro,  podem se deliciar com a ponte dos Amores (pont des Amours). 
          Annecy é um museu a céu aberto. A igreja Saint-Maurice (de 1422), Le Palais de l'Isle (construção em pedra do século XII), as antigas residências de telhas vermelhas e fachadas verde, amarela ou rosa complementam esse passeio à Idade Média. Ela é considerada como a Venise Savoyarde (Veneza da Savóia) devido aos seus estreitos canais.
(ao alto, o Château de Annecy)
          A feira citada mais acima ocorre três vezes por semana (terças, quintas e domingos) e podemos encontrar produtos regionais como queijos (reblochon, tomme de savoie). E por falar em comida, impossível não se esbaldar nos inúmeros restaurantes da cidade. As especialidades da região são os pratos à base de queijo. Fiquei fã da Raclette e da Tartiflette: A primeira consiste em queijo que derrete em um aparelho e colocamos sobre batatas cozidas e presuntos, e a segunda consite em lardons (uma carne de porco como toicinho ou toucinho cortada em pedacinhos bem pequenos e refogada com cebola, que vai ao forno em um prato com batadas cozidas, vinho branco e coberto de queijo). Para a Raclette, recomendo o Restaurant le Fréti.
 (a famosa raclette ao alto, à esquerda, e ao centro, abaixo)
           Minha visita ocorreu em pleno inverno e Annecy tocou fundo em mim. Pretendo voltar ao menos uma segunda vez, quem sabe na primavera?
(à direta, a famosa "Pont des Amours")

           Curiosidade da cidade: o empreendedor Marcel Fournier fundou o primeiro supermecado Carrefour em Annecy em 1959. Mais tarde, a marca tornou-se o número 2 do setor no mundo.

4 comentários:

Mônica disse...

Oi Milena!
Obrigada pela visita lá no meu blog, e pelo que li do seu já gostei muito!
Adorei o texto da centopéia, por que assim como você adorava um saltao, na verdade antes de vir para Barcelona nao tinha sapato baixo...e ao chegar aqui o saltao já nao fazia parte do meu cotidiano...e pouco a pouco desvinculei a idéia que eu tinha do saltao...antes pensava que ser chique era estar 24 horas montada nos tacoes...hoje descobri que chique mesmo é nao ser escrava de nada, nao ter que estar com salto 15 quando os pés e o corpo pedem uma sapatilha e vice-versa.
Entao era isso...voltarei com mais tempo para ler teu blog com amis calma!
Um beijo
Mônica
barcelonamiamor.blogspot.com

Rosangela disse...

Sou a Rosangela
Esses dias recebi um email sobre Annecy e tb fiquei apaixonada, que vontade de conhecer, posso te pedir dicas ??
Milena qual é teu email, pode me mandar por depo.
Bisouss

Nira Lima disse...

Milena q magica a hstoria,super linda a cidade,ja coloquei na minha lista de viagens,bjos linda

Verônica disse...

Olá! Parabéns pelo post!
Annecy tb está na minha lista de cidades a conhecer, e como irei pra Paris em maio, quero muito incluir no meu roteiro um dia nessa cidade!
Minha dúvida é sobre qual a melhor maneira de comprar o bilhete de trem. Seria muito arriscado deixar pra comprar na hora e não conseguir? Qual o site mais confiável pra comprar com antecedência?
Se vc tiver mais alguma dica importante quanto a isso, agradeço muito!
Abraços, Verônica