domingo, 9 de janeiro de 2011

Les soldes approchent*!

(*o período de liquidações se aproxima!)
          Vou falar de um assunto que provavelmente afastará do blog (momentaneamente, espero!) alguns representantes do sexo masculino: les soldes. Trata-se das tão esperadas liquidações que ocorrem duas vezes ao ano, e uma delas, a de inverno, começa na próxima quarta-feira dia 12 de janeiro.
          No início todo mundo me falava desse tão esperado evento e eu não levava muito a sério, achava que os preços não eram tão bons e que era impossível encontrar os bons tamanhos de cada artigo! Mas o primeiro soldes a gente nunca esquece!
          Lojas lotadas, bagunçadas, mas se a gente tem um pouco de paciência e sabe procurar, podemos fazer excelentes compras!!! E podemos comprar de tudo com preços reduzidos: roupas, calçados, artigos para a casa (móveis e acessórios). Solda-se praticamente tudo. Mas atenção, o que é liquidado são os produtos da última (antiga) coleção, e não da nova coleção, que começa a aparecer alguns dias antes, durante ou após o início dos soldes.
          As reduçéoes podem começar com tímidos 20 ou 30%, mas para essas não dou nenhuma importância. Mas a coisa começa a melhorar a partir de 40%, e podemos encontrar artigos mesmo com 70% de desconto! Confesso que praticamente não compro nada com preço normal, se não tiver no mínimo uns 40% de desconto.
          Isso me permite de comprar em certas lojas nas quais durante o ano todo o preço não entra no meu orçamento. Nem falo de marcas de luxo, pois não é isso que me seduz, mas falo de estar bem vestida com as marcas que usam uma francesa (ou européia) "normal" (que está na média).
          Mas o meu conceito de estar bem-vestida pode não ser o mesmo do de vocês, minhas caras leitoras... Afinal, já entrei na casa dos 30 e sempre tive uns quilinhos a mais, então tem coisa que não me cai bem de jeito nenhum...
          Seguem algumas das minhas aquisições em roupas oriundas dos últimos soldes:
1. Manteau Naf Naf (casaco): rede de lojas de roupas femininas com qualidade e preço corretos. Os casacos de inverno são lindos, principalmentes o da última coleção, algumas blusinhas são um amor, e determinados vestidos de lá me vão muito bem.
2. Veste 1 2 3 (casaco curto): uma loja relativamente cara, vende igualmente roupas de festa, uma coleção geralmente bem requintada e de excelente qualidade. Atinge um grupo etário acima dos 30 anos, mas muitas mulheres mais jovens frequentam em busca de vestidos de festa e recepção. A saia preta simplezinha comprei na Sinequanone, mas ela é "apeluciada" por dentro, bem quentinha!
3. Robe Sinequanone (vestido): loja mais jovem e com preços próximos aos da Naf Naf. Vi esse vestido na vitrine nos soldes de verão, entrei para experimentar e acabei comprando também o preto!
4. Veste Manoukian: loja mais próxima da 1 2 3, seja no preço, na qualidade e no público!
5. Robe Kookaï: em geral não gosto de 90% da coleção da Kookaï, que considero muito simples, básica e cara (se é para comprar uma blusinha simples e baratinha, prefiro ir na Camaieu). Mas quase fico louca nos soldes com os 10% da coleção que me agrada...
6. Robe Caroll: talvez uma das minhas lojas preferidas para vestidos. As roupas são menos chiques, mas a clientela é parecida com a da 1 2 3 e Manoukian.

Outras dicas de lojas:
Etam: uma concorrente direta da Naf Naf. existe também a Etam especializada em lingerie.
Morgan: marca meio jovem e descolada. Não é muito o meu estilo, mas as minhas cunhadas são apaixonadas.
Promod: preços bons, algumas coisas bonitas, mas para mim o corte não cai bem.
Camaieu: adoro para comprar blusinhas neutras e básicas e recentemente até consegui ficar bem em um vestido!
Mango: acho muitas coisas lindas, mas nada me entra... Nunca consegui comprar nada... O XL (GG) fica apertado em mim...
La City: bons preços e qualidade.
Lojas de departamentos: as roupas da Zara para mim são lindas, mas não me servem! Apertada aqui, sobrando ali... H&M é uma verdadeira mania, sempre com novidade e preços ótimos, mas eu não confio na qualidade. Mas aí o problema é meu... Como finha de créatrice de moda e costureira (pode-se dizer que a minha mãe seja assim!), sou muito atenta aos detalhes e acabamentos.

          Todas essas lojas são encontradas em praticamente todos os centros urbanos da França, e mesmo da Europa. Claro que a maioria das roupas são feitas em países onde a mão-de-obra é mais barata (China,  Marrocos, Turquia, etc), mas a crianção é francesa (ou européia, no caso das marcas que não são francesas mas que fazem parte do cenário francês), e geralmente segue um bom padrão de qualidade.

Outras lojas que aprecio, mas que são mais difíceis de encontrar:
Bourton: estilo veio clássico, roupas sóbrias e de boa qualidade.
Veromoda: uma coleção mais colorida e variada.

          Não importa o seu estilo, você encontra todos por aqui! E é possível estar bem-vestida e na moda sem gastar muito. Eu ainda não escolhi o meu, vou experimentando todos, de acordo com o meu humor e o humor do dia. E você já escolheu o seu?

4 comentários:

Luciene disse...

eu sou muito simples e basica... e ai o mais dificil pra mim é ficar elegante no frio :P
tenho muito oq aprender

Anônimo disse...

Chique ! Adorei os vestidos:)

Luciana

ana disse...

Olá!
Estive aí em lulho/2010, as lojas estavam em liquidação. Zara e Uniqulo uma beleza!!Muito barato!! Engraçado, Zara aqui no Rio de Janeiro é caríssima nunca compro...nem nas liquidações. Já em Paris, Lisboa e Barcelona..as liquidações dela são um arraso!! Por que será?

Milena Fischborn disse...

Ana, não sei se as roupas da zara no Brasil são produzidas no Brasil, mas se não forem, imagino que deve ser devido ao preço da importação e outros impostos...
MacDonal's e BurguerKing tb são carissimos no Brasil, enquanto aqui na europa são os lugares mais baratos para se comer!!!E isso que no Brasil os funcionarios são pagos uma miséria, mas os investidores querem receber o lucro em euro ou dolar, não é?