quarta-feira, 10 de julho de 2013

Turbulências antes de viajar

Aqui em casa é turbulência certa antes de partir em viagem. Sempre pensei que o problema fosse soh comigo, então até tinha vergonha de comentar, até que recentemente tenho lido matérias a respeito nas revistas femininas. Ok, não resolve o meu problema, mas pelo menos consigo aceita-lo melhor!!!

Alguns dias antes da viagem: 
Estou supereuforica, mas ao mesmo tempo estressada, pois verifico se todos os papeis foram impressos, se não recebi e-mail notificando alguma mudança de ultima hora, olho a metereologia para começar a pensar na mala, leio guias e blogs de viagens... As unicas tarefas que espero realmente do chéri são retirar dinheiro* e recarregas as baterias dos aparelhos fotograficos...

Um dia antes:
Ele ainda não retirou dinheiro nem se encarregou as baterias. Chego do trabalho depois das 21h e ele estah fazendo alguma coisa superimportante e crucial para a nossa viagem, como imprimindo cartões de natal do ano passado (hein??? Isso mesmo!). Sem contar quando ele abre uma garrafa de refrigerante para beber apenas um copo, coisa que ele nunca faz habitualmente, mas sempre antes de viajar. Comento que agora o refrigerante vai estragar (=perder o gas) na geladeira até o nosso retorno, ele me diz que nunca tinha pensado nisso (?!?)
Pergunto se jah fez a mala, se pegou meias e cuecas, oculos de sol, boné, chinelos, etc... Por que mesmo quando vamos visitar a sua mãe ele insiste em não levar nada, e ai ele veste as velhas meias que seus irmãos deixaram, velhas de 15 anos e furadas?
Pois é, tenho um marido que adora se vestir bem aqui em Paris, mas desde que viajamos, ele não se importa de se vestir de qualquer jeito.

Dia D

Ele começa o dia se levantando 1 hora antes do horario necessario (e me impedindo de dormir), correndo para todos os lados da casa, arrumando a sua mala ou mochila que, é obvio, não estava pronta. Mas para ele é facil, basta colocar duas camisetas e pronto! Irverno ou verão? Nenhuma importância para ele, que soh leva blusões de lã de gola alta quando vai fazer 20 graus, e se eu digo para ele levar algo de "MEIA ESTACAO", ele substitui TODAS as roupas de inverno por camisetas de manga curta e ai morre de frio. Ele aproveita esse tempo extra para recarregar as baterias e abrir um novo litro de leite que vai estragar até o nosso retorno.
Ele insiste que eu tenho que sair da cama, até que faço, começo a me arrumar com ele se tomando por meu "coach" e insistindo que eu me apresse. Quando para mim é a hora certa de partir, estou pronta, ele jura que jah estah pronto ha uma meia hora. ou apara a porta e nada dele vir... Estah verificando todas as torneiras, janelas, desligando a eletricidade no painel elétrico correspondente a cada eletrodoméstico... Então decido partir sozinha, pois se ficarmos ainda 5 minutos vou ter que  correr até a estação de trem. 

Ele me encontra na metade do caminho, diz que prefere verificar se não esqueceu de nada (para 3 semanas eu entendo, mas para um final de semana?). Então ele para em um banco para retirar dinheiro, que é obvio que ele ainda não tinha feito, e depois chega correndo e em suor na estação quando o trem jah estah se aproximando.

Quando jah estamos longe o suficiente, ele começa: Ah, esqueci o oculos de sol, esqueci o boné, esqueci a escova de dente... Ok, não vamos nos estressar, vamos viajar, relaxar e aproveitar!!!
Mas é muito engraçado quando ele insiste na sua formula "eu soh preciso de duas camisetas e duas bermudas", e ai ele não tem camiseta para dormir na China (e Monsieur é friorento, ainda mais com o ar condicionado) e precisa se virar com uma linda blusinha rosa que a sua esposa atenciosa empresta para dormir!!!

* Prefiro partir com um pouco de dinheiro, primeiro para ter algo desde que chegamos ao destino (para transporte, comida, etc), mas principalmente porque nunca se sabe se pode haver um problema no destino. No Egito, foi um sufoco para outros viajantes encontrarem um guichet automatico que funcione. Em uma cidadezinha da França a gente colocou o cartão e o dinheiro nunca saiu... E em uma cidade da Belgica foi dificil pagar com cartão de credito e tivemos que dar toda uma volta na cidade para encontrar um banco onde retirar dinheiro com o cartão visa. 

11 comentários:

Eliana disse...

Milena, aqui não é muito diferente até pra sair pra um passeio. Tô eu toda esbaforida e a criatura sentada no computador...quando eu dou um basta, levanta correndo e faz tudo feito um doido. Sempre saímos atrasados, sempre corremos atrás do trem... SEMPRE...Ah e daí na hora de sair é que ele fica procurando o que levar, vai arrumar mochilinha...eu fico pra morrer...as malas sou que faço mesmo pra ele...já q vou separar pra mim, já pego o que levar pra ele tb, tudo pra agilizar o máximo possível. Dinheiro?!?!? NUNCA temos e sempre nos lascamos hahahahha às vezes chego a pensar q é melhor ficar em casa para evitar a fadiga hahahahah Tamo junto!

Liza disse...

Eu sou bem parecida com o seu marido rs
Deixo tudo pra ultima hora e se vou PRA um lugar quente só roupinhas de verão e se é frio de frio, ué!?! Meu namorado fica pra morrer. Odeio fazer mala e se eu deixar pra ultima hora enrolo menos, sei lá. Será que nós ainda temos jeito??

Beijo

Marta FG disse...

Ahahah! E eu que pensava que isso só acontecia comigo.

E numa cidade da Bélgica também tivemos de dar uma longa volta para retirar dinheiro. Senão vê só o último post do meu blog, o da Antuérpia.

www.viajarso.blogspot.com

Ah, e já agora desejo-lhes uma boa viagem. Beijnhos.

Sandra disse...

Aqui em casa é ao contrário: eu sou a enrolada! Marido organiza tudo, menos a minha mala. Ele sempre tira dinheiro, carrega a camera, checa tudo e se ele esquece alguma coisa EU ainda reclamo :-(. Ele é que tem MUITAAA paciência comigo, affffffffffffffff

Jeh disse...

Acho que eu ficaria louca como vc fica! Não tenho marido, mas só o meu irmão já basta pra me deixar maluca!
Não quero nem ver se um dia eu casar e o cara for assim! Acho que infarto! rsrs

beijos

Line disse...

Haha, lá em casa é mais ou menos a mesma coisa, so que quem sempre se enrola sou eu, rs. E parece que a gente sempre escolhe o período mais hardcore no trabalho pra poder tirar férias – ou seria culpa da lei de Murphy? Antes de viajar sempre fazemos hora extra, chegamos em casa mortos e acabamos não fazendo tudo que deveriamos ter feito nos dias que antecedem a viagem. E o pior, sempre nos prometemos que da próxima vez será diferente, rs.

Allan Robert P. J. disse...

Nesse ponto sou meio mineiro: nunca perco o trem. E também não deixo as minhas meninas perderem os delas: "O que vc vai levar na mala na viagem da semana que vem?"

:)

Anônimo disse...

Oi Milena, faz muuuuuito tempo que nao aparecia por aqui e por isso talvez vc nem lembre mais de mim...eu tinha um blog sobre Barcelona, onde morava, e nesse tempo muita coisa mudou, estou de volta ao Brasil e a família cresceu com a chegada do meu bebe...mas enfim...
Bem, eu estou te escrevendo, pq em agosto iremos a Paris, eu sei...o mesinho barbo para ir de férias né...mas aí lembrei q teu marido é artista e eu gostaria de algumas indicações para comprar material de arte...tintas, aquarelas, giz pastel seco...alguns papéis para aquarela e impressão de gravura em metal...enfim, artigos p arte em geral. Se vc puder me dar essa informação te agradeceria muito.
Voltarei mais vezes por aqui e quem sabe me animo e retomo meu blog, agora com outra proposta!
Um abraço e obrigada!

Nadja disse...

Minha mãe fica igualizinha. Eu sou um pouco (mas nem tanto assim) mais tranquila. Fico nervosa... mas acho que justamente por ter uma mãe 500x mais nervosa ao meu lado, existe algo em mim que me obriga ser a pessoa centrada, calma... organizadora.
Vai entender, né???

Bia disse...

Incrivel, igual em qualquer lugar, só muda de endereco... eu sempre tento me planejar ao maximo, mas sempre esqueco alguma coisa. Por experiente que a gente seja...ate fiz um post sobre isso, pra nao esquecer mais. bjs

Milena - viver plenamente paris disse...

Acho que lembro sim do seu blog! Sobre o material, gosto muito do BHV, em frente ao hotel de ville de Paris, na rue de rivoli, tem um andr inteiro dedicado a arte. Existe tb Graphigro e Dalbe, especializado no assunto e os estudantes de arte sao adeptos. Nao estou em paris agora e minha internet eh ruim para eu procurar os enderecos.