quarta-feira, 10 de abril de 2013

O palácio de Topkapi

De 1475 a 1855, o Palácio de Topkapi foi a residência principal dos sultões em Istambul.

Diferente dos palácios e castelos europeus, os palácios otomanos são um conjunto de construções que evocam a origem nômade do povo, quase como um campo, mas esse palácio é uma espécie de campo de mármore e decorado de azulejos!
Cada sultão ia fazendo um "puxadinho" daqui e dali, construindo uma biblioteca, uma mesquita ou um hammam e mudando a decoração.
 São muitos prédios e muitas salas, onde podemos visitar o tesouro (a parte mais concorrida), as antigas cozinhas, biblioteca, as relíquias sagradas...
 Infelizmente a parte que mais gostaríamos de ter visitado estava fechada ao público (sala de miniaturas turcas, enluminuras e retratos em desenhos e pinturas).
 Bem que eu queria uma sala dessas para receber minhas visitas!

E tudo isso com uma vista maravilhosa sobre o Bosfóro e o Mar de Marmara:

O harém é diferente, pois é uma construção "fechada" dentro do palácio, já que quem vivia ali dentro não tinha direito a essa liberdade toda (ou pior, não tinha direito à liberdade nenhuma!)
O harem é composto de cerca de 300 peças e ali viviam uma média de mil mulheres, dentre elas a rainha-mãe e de 4 a 8 favoritas. Os sultões eram turcos de parte de pai, mas a mãe, uma das mulheres do harém, era frequentemente uma escrava cristã, capturada durate as guerras ou compradas no mercado de escravos sendo treinada em boas maneiras, música e costura. Não existia casamento, simplesmente as "servidoras" que tinham a honra de passar a noite com o sultão se tornavam Odaliscas. Com a morte do sultão, o harém era esvaziado (as mulheres eram dadas em casamento) e tudo recomeçava, com o novo sultão e a sua mãe. Uma verdadeira disciplina militar reinava ali, sob a direção dos eunucos, que chegaram a ser 600, e o olhar da rainha-mãe. 




 As janelas davam todas para pátios internos


 Então, deu para se sentir um pouco em um dos contos das Mil e uma Noites?

Informações práticas:

O palácio de Topkapi fica no centrão histórico de Istambul, na região chamada Sultanahmet (em relação à Mesquita do mesmo nome) e toda essa parte pode ser tranquilamente visitada a pé.

Dentro do atual parque onde fica o palácio, podemos observar a Igreja Sainta Irene, uma das maiores igrejas bizantinas da cidade. Construída no século VI onde antes existia uma outra igreja metade destruída por um incêncio, ela sofreu muitos danos em terremotos e outros momentos da história, sempre sendo reconstruída e não chegou a ser transformada em Mesquita, como as outras antigas igrejas de Istambul.. Infelizmente ela só abre ao público em momentos especiais...

4 comentários:

Amantikir disse...

Delicia! Me senti em Istambul!Uma viagem no tempo...uma vontade de conhecer! Bjs Inté!amantikir-amantikir.blogspot.co.nz

Allan Robert P. J. disse...

Muito bonito. A parte melhor é que tudo foi preservado e vai continuar sendo visitado por muito tempo.

Você parecia muito contente sozinha no harém.
:)

Beth Blue disse...

Que fotos maravilhoras hein, Milena? Deu bem pra sentir o clima de Instanbul com seus palácios e mesquitas.

É mesmo como ler As Mil e Uma Noites, hehehe. Bela viagem!

Mulher de Fases disse...

Que lugar lindo, pena que aconteceram tantas orgias e ditaduras.
Imagina 1000 mulheres a disposicão assim de um ou vários homens?? Que vida.