segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Quebra Nozes

Enfim chegou o tão sonhado dia e com os ingressos nas mãos, comprados com meses e meses de antecedência, sábado fomos assistir esse famoso espetáculo de ballet, representado pela Companhia de Ballet de São Petersburgo!!!

Do compositor russo Tchaikovski, foi apresentado pela primeira vez em São Petersburgo no final do século XIX. Desde a sua criação, tornou-se um verdadeiro símbolo musical!

A história se desenrola em 3 atos. Na noite de natal, Clara ganha um quebra-nozes de presente de um mágico (a versão muda de acordo com as representaçõs). Durante a noite, os brinquedos ganham vida e o quebra-nozes se transforma em príncipe! Um verdadeiro espetáculo de conto de fadas e magia!

Como Lago dos Cisnes, esse ballet fala da passagem da infância à adolescência, com apresença do eterno tema do amor e as forças do mal.
foto daqui
Não sou especialista em ballét, nem nunca fiz dança na minha vida, então a minha crítica é bem básica mesmo. O espetáculo é muito lindo, com cores lindas, movimentos incríveis, e essa mistura de coreografia e roupas nos dá uma impressão muito agradável aos olhos! A decoração era bem simples, mas criada por artistas russos conhecidos, nos levando a esse universo infantil de magia e contos de fadas. 
Foi uma experiência maravilhosa que quero poder repetir em breve!

3 comentários:

Sissym disse...

Uma vez foi inesquecivel, ja faz tanto tempo, a apresentação do Municipal fez um extra na Quinta da Boavista. Nunca imaginei que fosse tao bom naquele lugar! Foi tudo tão perfeito!

Beijos

Beth Blue disse...

Eu amo o Quebra-Nozes, assisti duas vezes no Teatro Municipal do Rio de Janeiro com a minha mãe mas ainda não vi aqui em Amsterdam...vou correr pra ver se eles estão por aqui.

O espetáculo deve ter sido mesmo lindo de morrer, hein? beijos

Sandra disse...

Ballet é lindo!! Eu tb não entendo de dança, mas assisti uma vez no SESC SP, pela cia Cisne Negro a encenaçao do quebra nozes, nossa, que espetáculo maravilhoso!! E o que foram aqueles rodopios todos e os figurinos? Tem coisa que a gente nunca esquece, a beleza de uma apresentação dessas fica sempre na memória.