terça-feira, 18 de setembro de 2012

Datong: Contrastes e Renascimento dessa Cidade Chinesa

A cidade de Datong fica a meio caminho entre Pequim e Xi'an (famosa por seus guerreiros de terracota), no centro da China, na província do Shanxi. Ela conta com mais de 2 milhões de habitantes e é o ponto de partida para quem deseja visitar as famosas grutas de Yungang e o Monastério Suspenso de Xuankong.

Se colocar os pés na China já foi um imenso choque cultural, foi em Datong nosso primeiro encontro com o que realmente eu imaginava da China.

Nos guias de turismo que utilizamos para preparar a viagem, como Lonely Planet e Le Routard, Datong era descrita como completamente sem interesse. Como viajamos a noite inteira de trem, sentados (vagão leito completo) e passamos o dia inteiro nas visitas ao redor da cidade, optamos por passar uma noite ali, recarregar as baterias e partir do dia seguinte.

Porém, para nossa surpresa, ela não tinha nada de feia e sem interesse como diziam os livros de turismo!

OK, "feio" e "sem interesse" é muito relativo, mas para mim foi uma surpresa muito agradável descobrir um pouquinho de Datong.


Saímos da estação e nos deparamos com uma cidade fortificada, obra recente da reorganização urbana, uma tentativa do governo de resgate histórico, retomando os antigos modelos arquiteturais. Tudo novinho em folha e muito bem cuidado!

Nosso hostel (na verdade um novo albergue da juventude) ficava em uma nova rua que tinha sido completamente reformada.

 Pela manhã a rua estava completamente vazia, apenas alguns idosos praticando esportes. Dizem que na China as primeiras horas da manhã pertence aos velhinhos!!!
Quando voltamos já era tarde, cerca de 21h, a rua tinha se transformado em uma feira muito animada. Até aí tudo bem, mas quem diz que conseguíamos encontrar o hostel??? Percorremos a rua umas 15 vezes e eu já estava entrando em pânico! Pela manhã, ele ficava em uma porta de vidro, o térreo estava vazio e subimos até o segundo andar. A noite, para a nossa surpresa, o térreo tinha se transformado em uma loja de roupas!!! Tivemos que entrar na loja, atravessá-la e subir as escadas para encontrar o nosso alojamento!!! Mudanças do dia para a noite que só devem acontecer mesmo na China... (na manhã seguinte a loja tinha desaparecido mais uma vez!)

Sem contar que essa cidade mineira (que por séculos sobreviveu através de suas minas) que sempre foi descrita como extremamente popuída e cinza se apresentou para nós com um céu muito claro e uma qualidade de ar invejável para outras cidades grandes pelo mundo afora. 

O que mais nos impressionou foi o rítmo desenfreado da construção civil por ali. Eu diria que a cidade é dividida em 3 partes: a primeira com seus prédios altos e modernos, a segunda com seus prédios novinhos construídos em estilo antigo, e a terceira a confusão e o vazio de tudo que está sendo destruído para deixar espaço ao novo.






Sei que muitas pessoas criticam esse "renascimento", mas quando vemos o estado dos prédios que estão sendo destruídos, a gente se pergunta como alguém podia viver ali nesses alojamentos completamente insalubres. Muitas construções datam dos primeiros anos do comunismo, quando tudo foi construído rapidamente, sem qualidade e sem estética, já que moradias bonitas, lindas praças e parques eram vistos como um "modo de vida ocidental e burguês".


Muita gente também critica esse retorno ao passado de parte de um governo que por décadas quis acabar com as lembranças históricas. Acontece que muito do que está sendo reconstruído justamente tinha sido destruído pelas autoridades ou em nome dela.

Não sou especialista no assunto, mas algumas coisas até que precisavam ser mudadas, pois em pleno início do século XX a China ainda possuía um sistema feudal (com todos os pontos negativos que isso pode acarretar, não vejo nenhum positivo), a condição feminina melhorou bastante, mesmo ainda estando longe do ideal (práticas como a "bandagem" dos pés foram proibidas, assim como o sistema de "concubinas"). Claro que para nós com esse olhar ocidental e capitalista, eles fizeram tudo errado, tudo atravessado. Então mais uma razão para eu ficar contente com esse projetode tentar  (a)pagar alguns erros do passado.

A China está mudando, e muito rápido, mesmo nas cidades desse interiorzão, mas o que mais encontramos eram pessoas que nos recebiam com grandes sorrisos, como esse vendedor de churrasquinho (desculpem a foto, deem um desconto pelo cansaço e nesse momento já era umas 18 horas e não tínhamos comigo nada desde à noite anterior!), feliz da vida em ter sido o nosso escolhido. Estava tão bom que voltamos!
 Delícia! (só não deu para encarar a caveça de frango!!!)





Se a cidade é toda fake ou não, não me importa. Quem não gosta de viver em uma cidade bonita, limpa e arborizada, e em moradias mais confortáveis? Sem contar o grande trabalho que está sendo feito para reduzir a poluição e seus efeitos, esforços esses que são sentidos no ar e visto pelos olhos (mesmo que ainda sejam considerados muito pequenos em comparação com o que é necessário para preservar o planeta).
Quem adivinha nosso próximo destino?

P.S: Não vou entrar em detalhes das expropriações, pois esse é um tema muito complexo. Certamente muitas pessoas acabam sofrendo em ter que abandonar moradias que tanto representam emocionalmente para elas, mesmo que elas estejam em estado lastimável, representando riscos para elas e para os outros.

8 comentários:

Enaldo Soares disse...

Muito legal os ideogramas.

Luana disse...

Que fotos lindas! =)

Kely Vargas disse...

Oi Milena! Adorei seu blog. Super diversificado e cheio de experiencias para compartilhar. Amei ler sobre sua viagem para China. Que pais fascinante. Tenho muita vontade de conhece-lo um dia tambem. Certeza que voltarei mais vezes para ler o seu blog. Estou te seguindo. E tambem tenho um blog que estou tentando retomar agora. Entao se quiser dar uma passadinha por la depois, fique a vontade. http://kely-in-connecticut.blogspot.com/
beijos!=*

Georgia Aegerter disse...

Mi, tô aqui acompanhando as tuas viagens.

Tb sinto muitas saudades do meu tempo universitario...


Bjos

Rowan Reiding disse...

Love those colorful signs!

Love,

Rowan

www.redreidinghood.com

blackberryfashion disse...

Amazing pictures :)

http://anna-and-klaudia.blogspot.com/

Romeyka Aguiar disse...

Vc mora em Paris ! Eu estive ai em Maio ! Que saudades !!!!!!

Então ... Verduras elas realmente estragam fácil , mas a alface americana dura um pouquinho mais .... Os legumes vc pode comprar um de cada e ir fazendo de pouquinho .... Mas seja forte nas escolhas ! Bjs

Nicoleta_B disse...

Hello my dear,
Such a great post!
You have intresting blog!

We can follow each other if you want?!

Kisses,

Nicoleta

www.nicoleta.me

REINVENT YOURSELF