segunda-feira, 6 de junho de 2011

As falésias de Etretat

Eu sempre quis ver de perto as famosas falésias de Etretat, mas foi nesse final de semana que conseguimos ir. Com suas magníficas falésias classificadas como patrimônio nacional pelo ministério da ecologia e do meio ambiente, visitantes adeptos ilustres como os pintores Monet, Courbet e Boudin e os escritores Maupassant e Flaubert fizeram dessa antiga cidadezinha de pescadores uma estação balneária de renome internacional. Localizada no norte da França (eles chamam "o mar do norte", ou "côte d'Albâtre"), ou seja, na Normandia. Esse tipo de paisagens é típico de praticamente todas as praias da Normandia: são 120 km de falésias desse tipo (rochas de cores claras), formando uma paisagem única no mundo.

Eu diante da Mannoporte, que Maupassant descrevia como podendo deixar passar um navio com grandes velas! Ela atinge 90 metros.
La falésia de Aval e a ponta "Agulha" (Porte d'Aval et l'Aiguille Creuse, de 70 metros de altura)

Claude Monet
Les Falaises d’Étretat,1885
Williamstown, Massachusetts, USA


  

Sylvain em uma grota em que a lenda conta que um Senhor teria prendido 3 irmãs que se recurasam a ele, e elas morreram ali. Também conta-se que à noite os fantasmas das jovens rondam pelo lugar... Sylvain que não conhecia a história e que não acredita em fantasmas, estava ali todo sorridente!


Minha mãe vai morrer de medo ao ver essa foto!

Suas praias de pedras cinzas... Bonitas de ver, mas não deve ser nada agradável estender a canga e ficar horas "lagarteando"...
A Normandia recebe muita visita de americamos, devido à sua estreita relação com o desembarque dos Aliados em 1944. Os ingleses também apresentam uma certa paixão pela região (muitos aposentados atravessam o canal da Mancha para morar desse lado)

Acesso:
A melhor forma é ir de carro, pois como pequena cidadezinha francesa, não é muito bem servida pelos transportes públicos, e como tem muita coisa para ver pelos arredores, melhor ter um carro à disposição para ir parando quando der vontade! Mas nós testamos a fórmula trem+ônibus e o resultado foi bem positivo!!!
De trem, descer na gare de Le Havre e pegar o ônibus linha 24 até Etretat. Nós formos até a gare de Bréauté (uma antes de Le Havre, saindo de Paris), e de lá pegamos um transporte até Fécamp (onde ficamos), e de Fécamp pegamos o ônibus 24 até Etretat (ele faz a linha Fécamp-Etretat-Le Havre, passando pela charmosa cidadezinha de Yport e Etretat). Horários regulares e custa 2 euros.

13 comentários:

Mikelli disse...

nossa, que demais!! =) adorei as fotos! quanto tempo a gente demora de paris até la? bjs!

Beth Blue disse...

Lindíssimas fotos! Me lembrou as falésias da Irlanda...também muito famosas.

Viajar é bom demais, né? Mesmo que seja ali perto.

Milena Fischborn disse...

Mikelli, de Paris até le Havre é cerca de 2h30 de trem (pois é um trem normal, não é TGV). Depois é uns 30 minutos de ônibus.

Beth, ainda não conheço a Irlanda, mas sou apaixonada pelas paisagens... Não para morar, mas ainda quero visitar!!!

Rosely disse...

Que delicia de compartilhamento!!
Já tinha lido sobre a região, mas a paisagem é belíssima! È por essas e outras que a cada dia eu amo mais a FRANÇA!Obrigada Milena

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

esse lugar, eu só vi pela tv. é lindíssimo! é impressionante as suas fotos e do seu love no meio dessa beleza toda.

(respondi lá no blog mas vou postar aqui pra facilitar sua leitura)

Milena.
Não sei, mas acho estranha essa impressão, pq aqui o que mais se tem é exposição de arte, até mesmo no comércio. talvez suas amigas é que não tenham mto interesse pelo assunto e não perceberam, pq eu mesmo moro perto de dois bons museus...e olha que aqui a cidade é pequena.

mesmo aqui no blog já falei mto de museus, arte.

comentei sua impressão para amigos japoneses, eles falaram que suas amigas são "baka" (tontas) rs. desculpe a sinceridade, mas foi o que falaram

abraços

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

ah! e esse quadro do Monet eu vi em um museu daqui (Nagoya Boston), numa exposição que teve. Lindo demais!

http://lostinjapan.portalnippon.com/2010/08/o-mundo-de-claude-monet-em-nagoya-lost.html

bjs e bom dia! (seu blog é lindo, tenho passado ele para amigos q gostam da França)

Karol Nascimento disse...

Ah que lugar lindo!!! Parabéns pelas fotos, ficaram ótimas. Bj

Taise Pottier disse...

Oi Milena! tudo bem com vcs? adorei o post sobre a Normandie,eu ja conheço e é realmente lindo, sem contar que nossos são de la. Estou te devendo um jantar no japones, mas estou trabalhando direto, pois viajo em Julho também! Sera que iremos no mesmo dia?bjs

C. disse...

Que tudo esse lugar, Milena, uau!!
Aumentei as fotos e pude sentir como deve ter sido mágico estar lá.
A tela de Chagall... que maravilha!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Milena, bem, resolvi perguntar aos japas, pra ver o que eles falam rs. E inclusive a uma amiga que tem filha estudando artes (quer ser escultora).

sim, o ensino de artes claro que valoriza mais a arte oriental ou japonesa, a arte européia nem tanto. até mesmo para que não se perca o referencial da própria cultura (senão tudo fica ocidental e europeu, no fundo todo país procura valorizar sua arte ou a arte próxima da sua).
mas essa linha de pensamento de "exatas" é algo tão atrasado, que hj em dia não existe mais. só se suas amigas vieram de regiões muito caipiras aqui no Japão, porque não tem mais escolha de carreira feita por pais... ou outros, pressão por exatas, etc. a mentalidade hj é bem diferente, isso era coisa do pós-guerra.
bem foi o que disseram. bem, é só isso que sei... pq é o que me disseram.

mas tá bom, que todos sejam felizes, que bom q suas amigas tem a chance de estudar ai na Europa, etc, isso é mto bacana.

obrigado

Milena Fischborn disse...

Rosely, realmente tem muita coisa para ver por aqui!!! Em breve vc vai começar a conhecer e apreciar!!!

Alexandre, obrigada pela paciência em me explicar e ir atrás das informações! você é um amor!

Karol e C., obrigada pela visitinha e pelo carinho!!!

Taise, respondi no seu blog; tb estou trabalhando bastante nesse momento, mas assim que der combinamos esse restaurante japonês!!!

http://graceolsson.com/blog disse...

NO ALGARVE, TEM UMAS BEM PARECIDAS COM ESSAS...LINDAS

Karyne Nunes disse...

Oi Milena! Lindas as fotos! Voce foi de Eurostar para Le Havre ou outro trem? Vou ano que vem, inicio do ano, e estou louca para incluir no roteiro! Obrigada, desde ja!