segunda-feira, 6 de junho de 2016

Inundação em Paris

Na semana passada choveu muito em Paris, eu particularmente nunca tinha visto tanta agua cair do céu... Normalmente sempre digo que aqui chove e para, dificilmente chove o dia inteiro, mas acredito que por 3 dias seguidos praticamente não parou de chover nenhum minuto.

Segundo especialistas, em três dias choveu o equivalente a 3 meses e esse tipo de fenômeno ocorre a cada 100 anos!

Como consequencia principal, o nivel do Rio Sena atingiu seu pico na noite de sexta para sabado, chegando a 6,10m acima do seu nivel normal. 

Eh verdade que a navegação no rio foi suspendida e museus como o Louvre e Orsay fecharam suas portas como medida de precaução para proteger as obras que estavam em zonas mais baixas que poderiam vir a alagar. Algumas linhas de transportes que circulam por ali também foram suspensas, mas de uma forma geral a vida seguiu o seu ritmo por aqui. Não houve "inundação de Paris" como algumas midias quiseram mostrar, moradias não foram alagadas e nem houveram "desabrigados" na capital (em algumas cidades menores e mais longe sim). 

Em Paris a agua não chegou a atingir o nivel das pontes, e as moradias ficam mais acima. 

 Imagens de junho/2016

Outra imprecisão que andei lendo foi que "moradores de rua que dormem em barcos" foram evacuados. Sim, as pessoas que moram nesses barcos foram evacuadas... mas não se trata de moradores de rua! Eles possuem um barco que custa centenas de milhares de euros, com mais de 100 metros quadrados, geralmente, cozinha equipada, quartos, salas, etc, tudo o que tem uma moradia "normal", então acho que estão longe de serem moradores de rua.

O mais importante é que o susto passou, agora é esperar que não aconteça antes dos proximos 100 anos! Vale lembrar que uma das inundações mais importantes da historia de Paris aconteceu em 1910, quando o nivel do Sena atingiu 8,62m.

Imagem de 1910.

Um comentário:

Viagens e Beleza disse...

Uau, quanta água mesmo!
Olha, as notícias que saem na mídia quase sempre são exageradas e a gente precisa ler/ouvir/ver vários canais diferentes para filtrar ter uma noção mais precisa.
Que bom que o sistema de prevenção (não sei o nome aí) agiu rápido e nada mais grave aconteceu em Paris.
Beijos,
Ana