sábado, 11 de julho de 2015

Ibiza para todas as idades

Quando perguntei ao marido o que ele achava de passarmos uns dias em Ibiza, ele me olhou de cara feia e disse que não tinhamos mais idade para isso. Vocês podem imaginar que fiquei indignada e isso só reforçou a minha vontade de ir.


Bom, essa é a imagem que temos de Ibiza, de festa, na corda bamba entre hedonisno e decadência, mas esquecemos que essa ilha do Mediterrâneo apresenta um real interesse histórico, já que muitos povos por ali passaram antes dos DJs, cada um deles deixando a sua marca, que atravessou os séculos.




Como o nosso tempo ali era curto, somente um final de semana esticado, resolvemos ficar na cidade mesmo, que em catalão se chama Eivissa.
O centro historico, ou Dalt Vila, é magnifico, são mais de 2600 anos de história, e por ali passaram Fenicios, Romanos, Arabes, Catalões, etc, sem contar que faz parte do Patrimônio Histórico Mundial (pela Unesco). 



Você sabia? Só fiquei sabendo quando comecei a pesquisar um pouco mais, antes não tinha a minima idéia.





E mais  recentemente, sua luminosidade e seu estilo de vida atrairam inumeros artistas da Europa.







Também é dali que saem a maiorias dos barcos para as outras ilhas. Ah, como não sonhar em fugir da agitação, e atravessar para a menos urbanizada, Formentera? O jeito é recorrer ao transporte maritimo.


Com suas lindas colinas arborizadas, suas flores de cores vibrantes, a Ilha continua sendo um pequeno paraiso natural, com praias lindissimas, independente do excesso de urbanização e do turismo. 



Vimos muitos jovens, sim, mas também muitas familias e mesmo pessoas idosas. 


E as festas nisso tudo? 

Sim, são muitas discotecas e nos hotéis são propostos os ingressos a um preço mais barato. São dezenas e dezenas de opções a cada noite. No dia em que eu estava, os ingressos para a festa com o David Guetta custava 50€ antecipados, e camarote VIP 450€ por pessoa...
Apesar disso, passeamos até tarde pelas ruas e não tinha nada de diferente de uma estação balnearea "normal". Comemos em restaurantes legais por preços corretos e não tivemos nenhum tipo de problema com excesso de barulho para dormir.


Informações práticas:
Fomos e voltamos de avião, em um vôo direto de Paris (Chaules de Gaulle), que dura menos de 2h. Do aeroporto, o ônibus 10 nos deixa na cidade de Ibiza (EIvissa) por 3,50€ o trajeto que dura uns 15-20 minutos. Ficamos ali mesmo, de frente para a Praia de Figueretes.
Muitos transportes na Ilha, mas para quem deseja mais liberdade para visitar outras praias, é possivel alugar facilmente um carro ou moto, por preços acessiveis (motos a partir de 28€ por dia, carro à partir de 45€). 
Entre eles, o povo fala o catalão, que é diferente do "espanhol", mas para quem fala português não chega a ser tão complicado. Porém, com os turistas eles falam espanhol, e se viram no inglês.

Ibiza meu amor, eu voltarei! Mesmo com 80 anos!

5 comentários:

Bruxa do 203 disse...

Adorei as fotos! Muito legal fugir de ideias prontas e imagens de turistas.

Acho catalão um idioma lindo!

M. M. disse...

Que lugar maravilhoso! Amei as fotos e sua vontade de ir (em qualquer idade, rs!). Sua cara de feliz te deixa ainda mais linda! :)) Quem sabe um dia eu vou conhecer Ibiza, Ibiza, Ibiza!

Beijos!
M.
CaseiComOMundo.blogspot.com.br

Ana Maria Brogliato disse...

Lindo o seu passeio por Ibiza, as fotos falam por si!
Que coisa a gente pensar que não tem mais idade para fazer certas coisas... Às vezes eu também me pego pensando assim, mas já dou um "pára-te quieto" nestes pensamentos.
Desde que eu não use fio dental e me comporte como uma adolescente, este lance de idade não tem nada a ver, hehe...

Eu também acabo descobrindo coisas interessantes sobre os lugares que eu visito quando vou pesquisar para escrever os posts.
Muito interessante sobre Ibiza, eu não sabia nada desta parte histórica.
Beijos,
www.viagensebeleza.com

Eliana disse...

Eu tive que rir, Milena, porque me passou pela cabeça de conhecer Ibiza, mas pensei ja estar velha pro lugar hahaha Porque quando passa algo aqui na Holanda, so criançada, bebedeira e muita loucura. Ta ai, Ibiza, um lugar pra todos! Rs

Berço do Mundo disse...

Hahaha, o seu marido tem sentido de humor. Bem, eu também tenho/tinha esse preconceito em relação a Ibiza, não fazia ideia que o centro histórico era património da Humanidade.
Ainda bem que teimou e aproveitaram o passeio.
Abraço, votos de um doce Verão
Ruthia d'O Berço do Mundo