sábado, 4 de julho de 2015

Europa no verão ?

De uma forma geral, os brasileiros praticamente desertam a Europa nos meses frios do ano e optam pela primavera ou início do outono, sem esquecer do verão, é claro.

 Céu claro é o sonho de consumo de qualquer turista

Realmente o inverno limita algumas atividades e passeios, mas devido ao calorão que pode fazer aqui na Europa, com temperaturas beirando os 40 graus, gostaria de alertá-los que viajar no verão não é tão simples quanto parece.

Vamos tentar esclarecer melhor:

- "Estou acostumado com o calor no Brasil, então o verão é minha estação para visitar a Europa"

Você está realmente acostumado a passar calor? O que vejo é que muitos brasileiros dormem com ar-condicionado (pelo menos quem costuma viajar), vão de carro com ar-condicionado para o trabalho e no escritório o ar-condicionado é tão frio que têm que usar um casaco. Ou seja, você não passa muito calor no seu dia a dia.

Se você faz parte desse grupo, melhor pensar como seria passar o dia inteiro de um lado para outro visitando a cidade sob um céu escaldante, esperar nas filas dos monumentos, e por aí vai.

Aqui na França, pelo menos, o ar-condicionado está longe de ser um artigo de primeira necessidade, e mesmo quando ele está presente, nada a ver com as temperaturas baixas que vemos no Brasil.

- "Adoro dias longos"

Os dias longos fazem "render" a viagem, mas quando escurece mais de 21h30, não é tão simples descansar, alimentar-se e aproveitar da magia da noite!!!
Se você esperar escurecer para ir procurar um restaurante, vai perder os melhores endereços, pois normalmente uma cozinha correta não fica aberta até horários improváveis. Sobram os restaurantes turísticos. E aquele passeio noturno, para ver os monumentos iluminados?
 Paris? Sim!

- E mais:

Os locais saem de férias normalmente em entre julho e agosto, e nessa época as cidades se esvaziam de seus habitantes... mas ficam SUPERlotadas de turistas. 
Nesse caso quase impossível ter um contato com os locais, e há mais chance de sermos mal-atendidos/mal-servidos, pois os funcionários fixos saem de férias e são substituídos por contratos temporários que geralmente não se engajam, o trabalho é soh para juntar um dinheiro e pronto. Encontraremos mais facilmente atendentes mal-formados e mal-informados.

As grandes cidades ficam mais sujas e menos seguras: aumento de turistas X diminuição do efetivo, você já calculou o resultado?

Mas se você prefere viajar no verão europeu, ou simplesmente não teve muito escolha (sei bem o que é isso), é possível sim, não deixa de ter o seu charme, e é a estação escolhida pela maioria dos europeus. Aqui seguem algumas dicas para enfrentar os dias mais quentes:

- Leve sempre consigo uma garrafinha de agua e beba muito líquido;
- Alimente-se de forma leve, mas regularmente. Geralmente não temos fome com temperaturas elevadas, mas ainda assim devemos evitar de passar muitas horas sem alimentação;
- Invista em um spray de agua para utilizar no rosto, pescoço, nuca e onde mais julgar necessário. Refresca para valer!

- Use roupas leves e confortáveis, pense que os pés podem inchar (então escolha o calçado em função disso)
- Lembre-se do óculos de sol e um chapéu
- E use protetor solar.

O mais importante de tudo: independente da época escolhida para viajar, curta muito!!!

4 comentários:

M. M. disse...

Oi, Milena!
Como vc tá? Andei meio ausente, mas sempre volto e adoro te ler!
Dia desses eu tava pensando justamente sobre isso: nunca viajei pra fora do país no verão! Além das férias, há um motivo especial... Eu não suporto calor! E nem é por frescurinha, não, é porque eu passo mal mesmo e sei que o verão europeu é de rachar. Então, pra mim, nada melhor que fugir da época da "quentura" daqui pra ir pro friozão daí :))
Eu sou uma pessoa mais feliz no frio do que no calor. Adoro céu azul e sol brilhando, desde que pareça que a cidade é uma geladeira, kkkkkk!
Ótimas dicas e alertas que você deu. Quando vc citou "ficar nas longas filas debaixo do solão quente", chega me deu arrepios, rsrs! Como eu moro no Nordeste brasileiro, aqui nunca faz frio e não dá pra usar botas e casacos e cachecóis - nunca. É mais um motivo pra gente experimentar essas roupas diferentes (quando vamos aí no frio). Beijoooos!

M.
CaseiComOMundo.blogspot.com.br

Karla Gê disse...

oi, Milena!
Eu sou do time dos que não têm escolha: ou viajo no verão escaldante ou no frio glacial já que só tenho férias em janeiro ou julho por conta da escola. Como minha mãe não suporta frio, temos que nos sujeitar às temperaturas senegalesas. Aqui no RJ não tenho ar condicionado e na escola onde trabalho mal tem ventilador, portanto estou beeeeeem acostumada às temperaturas em torno de 40, 42 graus, mas isso não significa que eu gosto...rs...só não tenho escolha e vou a Paris mesmo nesse verão desértico pq viajar é sempre maravilhoso! Essa técnica da água termal eu não conhecia mas sempre ando com muito protetor, garrafa de água e óculos. Vou incluir a nova dica no meu rol de preparativos para o verão! Obrigada pela dica!
Beijo enorme e tomara que possamos nos rever apesar do calorão! :)

LuRussa disse...

Sempre preferi a primavera ou outono europeu. Acho o verão muito quente ! talvez se eu fosse carioca ou nordestina eu acharia apenas uma temperatura normal, mas eu quase morro qdo estou na Europa no verão.Vc acredita que ja peguei 41C na Rússia...kkkk quase morri ! na minha cidade aqui no Brasil não passa de 32C, 35 estourando...
Em NY também faz 42C fácil.... ahh não , pra mim não rola !

bjocas !
Lu

Maria disse...

Oi Milena
Finalmente aprendi a deixar os comentários..rs .Adorei os seus comentários sobre o Verão, sempre vou no inverno para a Europa, mas prefiro mil vezes o frio ao calor ..então estava sonhando em ir no verão mas por vários motivos vou no inverno de novo e depois dos seus comentários tudo bem mesmo!!! Abçs

Ps:Te fiz uma pergunta sobre psicologia pelo face inbox, se puder me dar uma dica, agradeço
Maria