segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Comer bem em Nápoles

Em Nápoles, os locais costumam jantar tarde, não antes de 21h, e no hotel me falaram que aos sábados ainda mais tarde. Isso quer dizer que para se misturar com os napolitanos melhor jantar mais tarde, ou então chegar cedo para ter certeza de ser atendido rapidamente.

A cidade não chega a ser extremamente turística, então a maioria dos restaurantes conta com uma clientela local ou então sobretudo italiana. Isso significa que nem sempre existe um cardápio ou preços visíveis...

Pizzarias imperdíveis:

Da Michele
Considerada a "Meca" da Pizza, uma verdadeira instituição, fundada em 1870 e que passa de pai para filho.
Ali podemos pedir somente 2 tipos de pizzas: a margherita e a marinara (com alho), uma mais suculenta do que a outra.
Não é possível reservar, temos que chegar, pegar um ticket com o atendente que fica na porta fazendo só isso. Sempre tem gente, mas como o serviço é rápido, significa que rapidamente teremos uma mesa (provavelmente compartilhada com outros).

Outro detalhe: é ali que Julia Roberts aparece no filme "Comer, Rezar e Amar" (se o título não é esse no Brasil, corrijam-me), que eu adoro!!!

As opções são de pizza normal (4€), grande (4,50€) ou extra (5€). Os dois casais de italianos ao nosso lado encomendaram a normal, então fiquei com vergonha e encomendei a mesma coisa. E o resultado foi esse:



Endereço:
Via Cesare Sersale 1. Não muito longe da Via dei Tribunali (mas quando ela se aproxima da estação de trem).
Fecha aos domingos.

Port'Alba
Considerada a mais antiga pizzaria do mundo, foi fundada em 1738.
Chegamos cedo pois estávamos saindo do Museu Arqueológico e ela ficava no nosso caminho (e tem a vantagem de abrir aos domingos), então não tivemos que esperar, mas quando saímos já estava bem cheia.
Ali as opções de pizzas são muitas, assim como massas e outros pratos.



Endereço:
Via Port'Alba 18, uma rua de pedestres cheia de sebos. Abre aos domingos.

Outras pizzarias famosas:
Di Matteo (na Via dei Tribunali), igualmente muito famosa e considerada muito boa. Ficou ainda mais famosa quando Bill Clinton esteve ali durante um G7.
Sorbillo e Decumani, igualmente na via dei Tribunali, que fazem igualmente sucesso.

Trattoria da Nenella



Um lugar mítico e bem animado que desde 1949 não fica vazio nunca. Ao chegar temos que dar o nome e o atendente nos chama pelo nome assim que uma mesa se libera. Parece que eles trabalham ali na maior festa.
Entretanto, o cardápio é apenas em italiano (que eu entendo), mas não tem preço!!!

Pedimos uma grande salada, um prato de massa aos 4 queijos e anchovas fritas, uma grande água mineral  e tudo veio certinho. Mas na hora de pagar... Um dos garçons fala ao senhor que fica na porta o que tínhamos pedido e ele nos diz 20€. Bom, achamos um pouco estranho, assim 20€ redondinhos... Muita coincidência!


Endereço:
Vico Lungo Teatro 103-105, no bairro espanhol. Mesmo se essa trattoria fica escondida em uma ruazinha, podemos descobrir facilmente pela quantidade de gente esperando na frente e a movimentação. Fecha aos domingos.

Vontade de adoçar a vida? Opções não faltam em Nápoles:

Apesar do Sfogliatella ser o doce de Napoli, fiquei fã do Baba, tão molhadinho e macio, ainda mais com chantilly e moranguinhos!

 E como ir à Italia sem tomar um sorvete?

Ou um café? Aqui ele é servido bem forte. O chocolate é bem cremoso, quase como um verdadeiro "creme". E o croissant italiano normalmente é recheado... e dos recheiros prefiro com creme de confeiteiro.

4 comentários:

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Oiii Milena, dicas ótimas, que delicia de pizza, indo a Nápoles voltarei aqui p anotar tudo! Bjos

Sissym Mascarenhas disse...

Milena, saudades....

Me espeeeeeeeraaaaaaaaa.... quero abocanhar esta pizza deliciosa tambem! sabe, aqui no Rio de Janeiro é bem dificil encontrar uma pizza deliciosa.

Fico imaginando como é saboroso este chocolate cremoso. hummmmmm


Beijinhos

Bruxa do 203 disse...

Pizza não é a minha comida preferida, mas essas estão lindas!!!! Dá vontade de ir voando para lá!!!

E os sorvetes então...

KINHA disse...

Olá Milena

Já estive em Nápoles, mas como passei com o navio, não tive a oportunidade de conhecer a gastronomia local. Pretendo voltar.

AMIGA DA MODA by Kinha