segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Museu Bourdelle, um pedaço do paraíso

Há alguns anos meu marido queria me levar no Museu Bourdelle e eu sempre recusei por preconceito do bairro em que ele está situado, perto da Torre de Montparnasse. Realmente não gosto desta parte da cidade e evito de ir a todo custo!

Desta vez, em um lindo domingo do final do verão acabei aceitando e foi uma experîencia mágica e inesquecível!

 A alguns passos da Torre de Monteparnase (e toda a sua feiúra) se encontra o Museu Bourdelle com seu magnifico jardim, um oásis de Paz nesta parte da cidade propício ao calma e à meditação.
Trata-se do local onde o escultor Antoine Bourdelle (1861-1929) viveu e trabalhou. Foi ele mesmo que plantou a maioria das árvores do jardim onde hoje se encontram algumas de suas peças em bronze.

 
Se o jardim é muito bem cuidado, florido e verdejante, nosso local preferido é o atelier do artista que foi conservado intacto. A gente se sente fora do tempo e do espaço.
 

 Uma visita fantástica que hoje me arrependo de não ter indicado mais cedo! Porém, sem dúvida, muito mais agradável nos bons dias.

Outra vantagem? A entrada aos jardins e o acesso à coleção permanente é gratuito o ano inteiro!

O que esta esperando?

 Crianças são muito bem vindas, inclusive muitos moradores do bairro trazem os bebês para passear nos jardins (apesar disso o local é muito silencioso e calmo)

Informações práticas:

Aberto de terças à domingos, de 10h à 18h (fechado segundas e certos feriados)
18, rue Antoine Bourdelle
75015 Paris
Metrôs : Montparnasse - Bienvenüe // Falguière
Ônibus : n°s28, 48, 58, 88, 89, 91, 92, 94, 95, 96

Nenhum comentário: