segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Como escolher bem a sua hospedagem de férias

Viajar passa igualmente pela etapa de escolha da hospedagem, e um bom planejamento nesse quesito pode evitar muitas dores de cabeça.
Independente de escolher um hotel, albergue, B&B ou qualquer outra forma de se hospedar, acredito que alguns itens devem ser pensados e bem avaliados.

Antes de reservar, verificar:

- Localização:
Muitas hospedagens (mais baratas) ficam longe das principais atrações. Pode ser interessante, mas é bom verificar transporte (se tem e os custos, para que o mais barato não saia mais caro) e tentar se informar sobre a segurança do bairro.
Por exemplo, geralmente perto de estações de trem não são bairros muito legais (mas tem a vantagem de estar perto da estação), assim como a periferia da cidade. 

- Se por acaso o banheiro não é coletivo. 
Na Europa é muito comum e uma forma de economizar alguns euros. Se para você ter banheiro privativo é fundamental, melhor pagar um pouco mais por esse conforto.

- Café da manhã: 
Verificar se está incluso no preço da diária e, ainda mais importante, se o hotel disponibiliza esse serviço. Muitos estabelecimentos são familiares e disponibilizam somente o quarto, e não a alimentação.

- Fora dos hotéis de rede internacional, verificar se o mesmo possui elevador, caso seja importante. Em Istambul ficamos em um hotel econômico... no sexto andar sem elevador!!! Já sabiamos, e como nos sentimos ainda jovens e em boa condição física, topamos. Mas não é o caso de todo mundo.

- Na Europa não é comum ter frigobar nos quartos de hotéis mais econômicos, assim como secador de cabelos e outros objetos. Mas nunca fui em nenhum que não tivesse toalhas. Se for o caso, geralmente está escrito na descrição do quarto.

- Ler os comentários dos antigos hóspedes, mas fazer uma triagem. Sempre leio os comentários nos sites de reservas de hotéis mas filtro de acordo com a minha necessidade. Por exemplo, não dou nenhuma importância à qualidade da TV, se tem estacionamento ou se falta frutas no café da manhã, mas não aceito se os clientes dizem que tem cheiro de cigarro ou outros problemas de higiene.

Após reservar:

- Verificar o horário do check in (ocupação do quarto) e do check out (desocupação).
Geralmente o check in é a partir das 13h e o check out antes do meio dia, mas varia muito de um lugar para outro. Não adianta reclamar ao chegar cansado às 6h da manhã após um vôo ou trem noturno porque o seu quarto não está disponível.
Geralmente é possível chegar mais cedo e deixar a bagagem, assim como e desocupar o quarto e igualmente deixar a bagagem para buscar mais tarde.
Sempre faço isso nas minhas andanças (pela Europa e fora dela) e nunca tive problemas com isso. Só fique atento para os hoteis mais uma vez pequenos/familiares, pois pode ser que ele feche durante uma parte do dia, e aí você não pode deixar a bagagem pois ele estara fechado no momento em que deve buscar. Como aconteceu comigo em Aix-en-Provence, pois o hotel fechada no domingo a partir das 15h (mas já tinhamos nos informado a respeito), ou em Le Touquet, em que os proprietários queriam saber a hora prevista, pois eles passeavam com o cachorro por cerca de 1h e queriam evitar que a gente chegasse enquanto eles estivessem fora.
Nunca me pediram para pagar por esse serviço, mas é bom ter um cadeado para fechar bem a bagagem.

Ao chegar:

- Em hotéis de classe econômica ou médios, é você mesmo quem vai carregar a sua mala na Europa, salvo raras exceções. Já vi muito brasileiro surpreso pois ninguém o acompanha até o quarto nem carrega a mala... Se quiser esses serviços, melhor optar por um hotel de categoria superior.

- Em alguns hotéis, principalmente de redes internacionais, é comum pedirem um cartão de crédito como garantia. Eh normal, mesmo que já esteja tudo pago. Serve como garantia em caso de consumos extras ou estragos.

- Na Inglaterra, sempre me pediram para pagar na chegada, mas fora esse país geralmente é possível pagar a qualquer momento ou mesmo no final (no check out). 

- Em hotéis pequenos, pode ser que não aceitem cartão de crédito, como aconteceu comigo muitas vezes na Alemanha (lá eles pagam taxas muito altas para vendas em cartão).

- Na China todos os hotéis nos pediram uma garantia em espécies (cerca de 200 yuans), que nos foi integralmente devolvida no final. Sempre nos deram um recibo por isso (assim como pelo pagamento das diárias, dois recibos separados), mas é bom pedir caso não derem espontaneamente. Não perca, pois é justamente a sua garantia.

- Caso tenha frigobar com produtos à venda, evite de mexer no conteúdo se não for consumir, pois alguns hotéis contam com sensores automáticos... se tocar vai aparecer na conta, e aí você vai ter que se virar para reclamar!

- Café da manhã: em muitos hoteis, é bom tomar cuidado com os roubos durante o café da manhã. Eh muito comum que pessoas de fora se infiltrem na sala de café da manhã, assim, se você deixar bolsas, telefone e outros objetos de valor será uma tentação para esses ladrões. Como viajamos a dois, nunca nos ausentamos ao mesmo tempo da mesa, mas caso esteja viajando sozinho/a, melhor guardar todos os seus pertences consigo. Quantas vezes já vi gente (geralmente brasileiros, mais uma vez)  guardando a mesa, marcando o lugar com uma maquina fotográfica, Iphone, óculos de sol (de marca) ou carteira/bolsa!!! Realmente é não ter noção do perigo!

Regras de savoir-vivre (saber viver):

- quando não estiver no quarto, favor desligar a TV (e outros aparelhos eletrônicos e elétricos), apagar as luzes... E fechar as torneiras!!! O meio ambiente agradece! Também não é porque estamos pagando que precisamos abusar...
- Ao sair, evitar de deixar tudo bagunçado, como roupas para todos os lados, lixo... Além de dificultar o trabalho dos empregados, ainda é mais fácil de "perder" alguma coisa.

Nunca fui roubada em nenhum hotel, mas nunca deixo nada visivel, muito menos jóias ou outros objetos de valor. Além disso, é bom verificar tudo ANTES de deixar de vez o hotel, assim é mais fácil de reclamar e ser ressarcido.



E boas férias!

6 comentários:

Liza disse...

Otimas dicas mas conta ai onde foi essa foto? Voces estao cara da riqueza!! Parece ate foto pra revista Caras :)

Feliz 2014!!!
Beijao

KINHA disse...

Olá Milena

Adorei as dicas e a foto do casal.

AMIGA DA MODA by Kinha

Sissym Mascarenhas disse...



Milena,

Vc me fez lembrar do apto de minha irmã/cunhado em Frankfurt. Fica no 5o andar. Mas pense numa escadaria sem fim! Ela já passou apertos com compras, criança pequena, outra de carrinho! hahahah entao foi uma amiga nossa visitá-la, quando chegou na metade da subida, já tinha se arrependido! Felizmente, o apto tem banheiro, pq tem muitos predios velhos que só tem láááá no fim do corredor!

Beijos

Wilma Santos disse...

Adorei a surpresa da foto no final, super linda!! Boas dicas, mas até que tive sorte até aqui, acho que escolhi bem, ainda não conheci a França sem banheiro ou banheiro do lado de fora,hahaha

Allan Robert P. J. disse...

Costumo pesquisar nos sites de viagens, além do site do próprio hotel. Não é raro encontrar promoções que o hotel evita anunciar.

Boas dicas!

:)

Ana disse...

Milena, adoro os seus posts, as dicas são muito úteis e bem-vindas! E essa foto realmente está muito chique, haha. Um beijo!